PIS/Pasep terá reajuste de R$ 47 em fevereiro; Descubra como sacar até R$ 1.045

Devido ao reajuste do salário mínimo, nascidos entre os meses de março a junho e servidores com inscrições terminadas de 6 a 9 poderão sacar R$ 47 a mais. Valores disponíveis até junho.

Com início em julho de 2019, o pagamento do abono salarial PIS/Pasep segue os pagamentos até março de 2020. Com o reajuste do salário mínimo, de R$ 1.039 para R$ 1.045, quem receber o benefício a partir deste mês terá acesso a valores maiores se comparado àqueles que receberam em meses de 2019 ou em janeiro.

O pagamento do PIS é feito pela Caixa aos trabalhadores da iniciativa privada, de acordo com o mês de nascimento. Já o pagamento do Pasep é feito aos servidores públicos, por meio do Banco do Brasil, que leva em consideração o último dígito da inscrição.

Devido ao reajuste do mínimo, nascidos entre os meses de março a junho e servidores com inscrições terminadas de 6 a 9 poderão sacar R$ 47 a mais do que os nascidos de julho a dezembro e servidores com inscrições finalizadas de 0 a 4. Nascidos em janeiro e fevereiro e servidores com inscrições terminadas em 5 receberam, no início do ano, até R$ 1.039: R$ 6 a menos que o atual.

A razão para as constantes mudanças é que o abono salarial tem como base o salário mínimo. De acordo com dados divulgados pelo Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), 2019 terminou em 4,48%, muito acima dos R$ 4,1% esperados. Portanto, houve dois reajustes para 2020, ocasionando na correção do benefício.

Pagamento PIS/Pasep

A liberação do 8º lote do abono salarial PIS/Pasep será feita no dia 13 de fevereiro, quinta-feira. O saldo pago ao beneficiário considera a quantidade de dias trabalhados de carteira assinada no ano base, neste caso 2018. Quem trabalhou 12 meses completos terá garantido R$ 1.045 com o acréscimo de R$ 47 do novo salário mínimo.

Quem pode sacar o PIS/Pasep?

O abono salarial é garantido aos trabalhadores que tenham recebido até dois salários mínimos de remuneração mensal durante os meses que trabalhou de carteira assinada. Também é necessário cadastrado no Sistema PIS há pelo menos 5 anos.

Além do período de trabalho de carteira assinada, a empresa onde atuou em 2018 deve ter informado os dados corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Quando vou receber o PIS/Pasep?

O pagamento do PIS/Pasep é feito de acordo com a data de nascimento ou inscrição do servidores. O cronograma terá validade até março deste ano e os valores ficarão disponíveis até junho. Confira o calendário de pagamentos abaixo:

Calendário por mês de nascimento – PIS (trabalhadores da iniciativa privada)

  • Nascidos em julho: podem sacar desde 25/07/2019
  • Nascidos em agosto: podem sacar desde 15/08/2019
  • Nascidos em setembro: podem sacar desde 19/09/2019
  • Nascidos em outubro: podem sacar desde 17/10/2019
  • Nascidos em novembro: podem sacar desde 14/11/2019
  • Nascidos em dezembro: podem sacar desde 12/12/2019
  • Nascidos em janeiro e fevereiro: podem sacar desde 16/01/2020
  • Nascidos em março e abril: podem sacar a partir de 13/02/2020
  • Nascidos em maio e junho: podem sacar a partir de 19/03/2020

Calendário por último dígito – Pasep (servidores públicos)

  • Final 0: podem sacar desde 25/07/2019
  • Final 1: podem sacar desde 15/08/2019
  • Final 2: podem sacar desde 19/09/2019
  • Final 3: podem sacar desde 17/10/2019
  • Final 4: podem sacar desde 14/11/2019
  • Final 5: podem sacar desde 16/01/2020
  • Final 6 e 7: podem sacar a partir de 13/02/2020
  • Final 8 e 9: podem sacar a partir de 19/03/2020

Confira também: INSS começa a pagar piso de R$ 1.045 ao beneficiários; Confira quem tem direito

Voltar ao topo

Deixe um comentário