Abono PIS/Pasep libera saques de R$ 88 a R$ 1.045 nesta terça, 30

Benefício é voltado para quem trabalhou de carteira assinada em 2019. Calendário de repasses já foi liberado.

Trabalhadores com direito ao abono salarial PIS/Pasep começam a receber o benefício a partir desta terça-feira, 30 de junho. Inicialmente, os contemplados incluem apenas aqueles que possuem conta na Caixa Econômica Federal (CEF) e Banco do Brasil (BB). Demais participantes seguirão o cronograma que tem início no dia 16 de julho.

Enquanto o PIS é destinado aos funcionários de empresas privadas, o Pasep é dedicado aos servidores da iniciativa pública. Em ambos os casos, os valores de pagamento são os mesmo, variando entre R$ 88,00 e R$ 1.045,00 em 2020. A partir do próximo ano, podem haver reajustes.

Ordem dos pagamentos

De acordo com o calendário geral do benefício, os repasses acontecem conforme a data de nascimento (PIS) ou número final de inscrição (Pasep). Nesse caso, nascidos entre julho e dezembro ou com dígito terminado entre 0 e 4 poderão sacar ainda este ano. Já aqueles que nasceram entre janeiro e junho ou possuem o número final de inscrição entre 5 e 9 receberão apenas em 2021.

Para não ter mais dúvidas, confira o calendário completo abaixo:

PIS – Para quem trabalha em empresa privada

  • Nascidos em julho: recebem a partir de 16 de julho de 2020;
  • Nascidos em agosto: recebem a partir de 18 de agosto de 2020;
  • Nascidos em setembro: recebem a partir de 15 de setembro de 2020;
  • Nascidos em outubro: recebem a partir de 14 de outubro de 2020;
  • Nascidos em novembro: recebem a partir de 17 de novembro de 2020;
  • Nascidos em dezembro: recebem a partir de 15 de dezembro de 2020;
  • Nascidos em janeiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2020;
  • Nascidos em fevereiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021;
  • Nascidos em março: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;
  • Nascidos em abril: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;
  • Nascidos em maio: recebem a partir de 17 de março de 2021; e
  • Nascidos em junho: recebem a partir de 17 de março de 2021,

Para quem trabalha em setor público

  • Final da inscrição 0: recebem a partir de 16 de julho de 2020;
  • Final da inscrição 1: recebem a partir de 18 de agosto de 2020;
  • Final da inscrição 2: recebem a partir de 15 de setembro de 2020;
  • Final da inscrição 3: recebem a partir de 14 de outubro de 2020;
  • Final da inscrição 4: recebem a partir de 17 de novembro de 2020;
  • Final da inscrição 5: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021;
  • Final da inscrição 6 e 7: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021; e
  • Final da inscrição 8 e 9: recebem a partir de 17 de março de 2021.

Vale ressaltar que em todos os casos, o prazo final para o saque é até 30 de junho de 2021.

Quem tem direito ao abono salarial?

As regras de concessão do benefício são claras e específicas. Veja a seguir:

  • Ter trabalhado de carteira assinada no ano-base de referência (nesse caso 2019) por pelo menos trinta dias (um mês);
  • Ter recebido a média de até dois salários mínimos por mês durante o período de execução da função;
  • Possuir inscrição há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep;
  • Estar com os dados corretamente informados na Relação de Informações Sociais (Rais), de responsabilidade do empregador.

Para saber se tem direito ao benefício, o cidadão pode consultar alguns dos canais de atendimento ligados aos respectivos bancos:

  • PIS – Caixa Econômica Federal: aplicativo Caixa Trabalhador, site da Caixa ou atendimento pelo telefone 0800 726 0207.
  • Pasep  – Banco do Brasil: de forma presencial em alguma agência da instituição ou pelos telefones 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas), 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Leia ainda: Abono salarial: Valor de até R$ 1.045 pode ser liberado em caráter emergencial na pandemia

Voltar ao topo

Deixe um comentário