INSS: Confira dicas para garantir a melhor aposentadoria possível

Após uma longa vida de trabalho, nada mais justo que uma boa aposentadoria. Veja como buscar a melhor aposentadoria possível e garantir qualidade de vida.

Todos os trabalhadores brasileiros que exercem atividades regulamentadas pela CLT têm direito a aposentadoria pelo INSS. Dessa forma, a empresa empregadora deve contribuir todos os meses com uma quantia determinada para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) durante o tempo de trabalho do funcionário.

Após uma vida toda de trabalho, nada mais justo que receber uma boa aposentadoria que garanta qualidade de vida. Entretanto, esse assunto pode ser complexo e muitas dúvidas sempre surgem a respeito da aposentadoria.

Confira algumas dicas e orientações para buscar uma boa aposentadoria e garantir sua qualidade de vida.

Entenda as principais regras do INSS

A aposentadoria é considerada um direito social garantido pela Constituição Federal. Em novembro de 2019, foi aprovada a reforma da Previdência e algumas regras exigências para conseguir a aposentadoria foram alteradas.

valor mensal aplicado ao INSS é garantia de todo trabalhador em regime de CLT e sempre que o cidadão recebe seu salário, já foi descontado o valor mensal do INSS pelo empregador.

A partir da reforma, a idade mínima para aposentar passou a ser de 62 anos para mulheres e 65 para os homens. Além disso, é exigido o tempo mínimo de contribuição para o INSS de 15 anos de para mulheres e 20 para os homens.

Outra informação importante é que, durante a análise da aposentadoria, informações sobre a vida do contribuinte são buscadas em uma pesquisa para avaliar as leis aplicáveis e dados importantes.

Faça um planejamento de aposentadoria

A principal razão para realizar o planejamento de aposentadoria é ter em mãos todos os detalhes, estratégias, requisitos exigidos e benefícios que serão contemplados pelo contribuinte.

Como a contribuição é realizada após longos anos de trabalho, seguir um planejamento pode ser a forma mais segura para a aposentadoria. O trabalhador poderá fazer o cálculo da sua aposentadoria com base na sua contribuição, verificar o quantia que receberá após se aposentar, e saber o tempo necessário para isso.

O planejamento irá assegurar que o trabalhador receberá o melhor benefício possível, de acordo com sua condição, e seguridade de se aposentar no tempo certo.

Os principais profissionais indicados para realizar o planejamento de aposentadoria são os advogados previdenciaristas, que entendem todas as leis e exigências do processo de aposentadoria. Dessa forma, o contribuinte não será surpreendido com problemas ou exigências que não tinha conhecimento.

Tenha a documentação necessária

Alguns documentos referentes ao período trabalhado são essenciais para solicitar a aposentadoria, como rescisões de contrato, contratos de prestação de serviço, RPA’s e holerites de pagamentos de salários. Somado a estes, também são exigidos alguns documentos pessoais de fácil acesso.

A maioria desses documentos são essenciais pelo fato de comprovarem o tempo de trabalho, o salário recebido e confirmar a veracidade dos fatos.

Mantenha os documentos do INSS atualizados

O Instituto Nacional do Seguro Social registra todos os documentos e analisa a aposentadoria. Por isso, é essencial que as registros estejam completos.

Os documentos mais importantes para os cadastros e comprovações são: Carteiras de trabalho; Carnês e comprovantes de recolhimento ao INSS; Processos trabalhistas; Perfil Profissiográfico Previdenciário; Extrato completo do FGTS; Certificado de reservista, no caso dos homens; Prova de posse de cargos públicos, ou ministro, pastor, reverendo de religião; Entre outros.

Toda a documentação necessária pode ser verificada no site do INSS.

Leia também: Como receber o teto máximo de aposentadoria do INSS? Confira aqui!

Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário