Senado, PF, PRF e mais: Veja concursos nacionais mais aguardados no pós-pandemia

Com remuneração inicial acima de R$ 21 mil, editais de concursos públicos são aguardados por concurseiros. Senado Federal é um dos que está na lista.

A pandemia do novo coronavírus trouxe muitas incertezas para o mundo, e no cenário brasileiro não seria nada diferente, até no quesito concursos públicos. A abertura de editais foi reduzida no período, com exceção dos certames ligados à área da saúde.

No entanto, há expectativas para novas oportunidades nas áreas administrativa, auditoria, jurídica e policial. Inclusive, dentro do contexto da Covid-19, dois editais de grande proporção foram liberados – Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e Polícia Civil do Distrito Federal (PC DF).

Em razão das medidas de distanciamento social, a realização dos processos seletivos acaba ficando limitada. Além disso, a autorização de novos concursos também devem atender a novos rigores, como a análise de impacto de longo prazo no orçamento da União, de acordo com instrução normativa divulgada no Diário Oficial, pelo Ministério da Economia.

Porém, no cenário vigente os concurseiros não param e muitos deles aproveitam o tempo em casa para impulsionar os estudos e se qualificar ainda mais com cursos gratuitos e demais formações.

Uma hora a pandemia vai passar e mesmo com todas as revisões que terão de ser feitas para superação da economia brasileira, novos editais vão surgir em âmbitos municipais, federais e estudais.

De antemão, cinco concursos públicos pós-pandemia brilham os olhos dos sonhadores. Veja agora!

Top 5 concursos pós-pandemia

No grupo dos certames nacionais, cinco enquadram nos mais aguardados do período pós-pandemia. Confira a lista:

1. Controladoria Geral da União (CGU)

650 vagas para o cargo de auditor federal de controle e finanças, com remuneração de R$ 19 mil. O edital está a definir.

2. Polícia Federal

600 vagas para os cargos de agente e papiloscopista, com remuneração inicial de R$ 12.441,26. O edital, ainda não autorizado, pode sair em outubro de 2020, segundo especulações.

400 vagas para os cargos de Delegado e Escrivão, com remuneração inicial de R$ 12.441,26. O edital, ainda não autorizado, pode sair em novembro de 2020, também segundo especulações.

3. Senado Federal

40 vagas para cargos diversos, com remuneração inicial de R$ 18.591,18. O edital está previsto para sair até dezembro de 2020.

4. Tribunal de Contas da União (TCU)

20 vagas (autorizadas) para o cargo de Auditor Federal de Controle Externo, com remuneração inicial de R$ 21.947,82. O edital está a definir.

Veja ainda: Concurso PRF prevê edital até 2021 com 2.634 vagas para policiais; Salários de até R$ 10,3 mil

Voltar ao topo

Deixe um comentário