scorecardresearch ghost pixel

Confirmado! INSS vai antecipar 13º salário em duas parcelas a partir de 2021

De acordo com o decreto do Governo, o pagamento da parcela extra de pensões por morte, aposentadorias e auxílios diversos será antecipado. Veja como fica.

Segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão o 13º salário de forma antecipada a partir de 2021. De acordo com novo decreto do Governo Federal, o abono natalino, pago anualmente a quem recebe aposentadorias, pensões por morte e auxílios diversos, será concedido em duas etapas.

A primeira parcela do 13° salário será depositada em agosto, junto com o benefício do INSS. Já o pagamento da segunda parte será em novembro pela mesma sistemática. As liberações devem acontecer entre os primeiros e últimos cinco dias úteis dos meses em questão.

Vale lembrar que, em 2020, o abono anual já foi concedido por causa da pandemia do novo coronavírus. Os repasses foram realizados entre abril e junho.

Entretanto, o novo decreto tem o objetivo de estender essa nova opção para outros anos. Assim, não haverá a necessidade do Governo anunciar o adiantamento. Veja como vai funcionar!

13º salário a partir de 2021

Com o novo decreto, o pagamento do abono natalino está previsto para agosto e novembro, sendo que a primeira parcela terá como valor 50% do benefício. Já no caso da segunda, a quantia será calculada com base na diferença entre o valor total do benefício em comparação ao que foi pago na primeira parcela.

Até o momento, as parcelas do 13º salário deveriam ser pagas no final do ano, embora fosse comum que a primeira parte fosse antecipada para o mês de agosto. Contudo, o governo tinha que fazer o anúncio da antecipação.

Quem tem direito a antecipação do 13°?

O pagamento adiantado do abono natalino é destinado aos segurados do INSS que recebem os seguintes benefícios: aposentadoria; pensão; auxílio reclusão; auxílio-acidente; salário maternidade; pensão por morte; e também auxílio por incapacidade temporária.

Leia também: 14° salário para beneficiários do INSS pode ser pago no Natal de 2020 em caso de aprovação


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário