scorecardresearch ghost pixel

Novo serviço facilita contestar o cancelamento do auxílio emergencial. Veja como ter acesso!

De acordo com Minsitério da Cidadania, interessados terão até o dia 30 de novembro, próxima segunda-feira, para fazer o pedido.

A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) responsável por aprovações de beneficiários no auxílio emergencial, disponilizou uma nova forma de contestação do cancelamento do benefício e do pagamento de extensão dele. A ferramenta é destinada ao público do programa Bolsa Família e foi implantada pelo Ministério da Cidadania, órgão gestor da política pública.

De acordo com a pasta, os interessados terão até o dia 30 de novembro, próxima segunda-feira, para fazer o pedido. O Ministério da Cidadania também informou que os pedidos devem ser feitos pelo responsável familiar, mesmo que a contestação seja em nome de outro membro da família.

Dessa forma, não é necessário se dirigir a uma agência da Caixa Econômica Federal, lotérica ou posto de atendimento do Cadastro Único. Vale destacar que o prazo de contestação para quem já havia recebido alguma parcela de R$ 300 mas teve o cadastro cancelado já recebendo a extensão, foi finalizado há algumas semanas.

Recebi as cinco parcelas e tive extensão cancelada

Além disso, os brasileiros  que receberam as cinco parcelas de R$ 600 do auxílio emergencial, mas foram considerados inelegíveis para ganhar a extensão de R$ 300 têm até o dia 29 de novembro (domingo) para fazer a contestação. A solicitação deve ser feita via o site da Dataprev pelo próprio beneficiário.

Acesse o site da Dataprev e faça a contestação.

Veja também: Novidade! Governo deve lançar auxílio-creche de R$ 52 e prêmio de R$ 1.000 para bons alunos


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário