scorecardresearch ghost pixel

PIS/Pasep e FGTS liberam saques de até R$ 2.090; Saiba quanto receber ainda em novembro

Programas visam ajudar financeiramente a população brasileira diante da pandemia de coronavírus. Valores para cada modalidade chegam a R$ 1.045.

A Caixa Econômica Federal disponibiliza dois benefícios sociais que podem ajudar financeiramente os cidadãos brasileiros no enfrentamento à crise ocasionada pelo novo coronavírus (Covid-19). Para cada modalidade, são oferecidas quantias de até R$ 1.045.

São eles: o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), na modalidade emergencial, e o abono salarial PIS/Pasep referente aos calendários de 2018 e 2019. A soma dos dois benefícios pode resultar em até R$ 2.090. Confira a seguir mais informações sobre os programas.

Abono PIS/Pasep

O abono PIS/Pasep é destinado às pessoas que trabalharam no ano de 2018 e 2019 com carteira assinada. A quantia a ser recebida varia de acordo com o tempo de trabalho do cidadão no ano-base.

Dessa forma, quem esteve em exercício trabalhista por 12 meses recebe R$ 1.045. Vale destacar que o PIS é pago aos trabalhadores de empresa privada, pela Caixa Econômica Federal, enquanto o Pasep para os servidores públicos, através do Banco do Brasil.

O calendário 2018 do abono foi reaberto apenas para um grupo específico, mas não é comum que isso aconteça. Nesse caso, para receber, é necessário que a pessoa se enquadre em todas as regras do programa e ainda não tenha retirado o benefício.

Confira abaixo calendário do Abono PIS/Pasep:

Nascido em ​Recebem a partir de
​Julho ​16/07/2020 (Liberado)
​Agosto ​18/08/2020 (Liberado)
​Setembro ​15/09/2020(Liberado)
​Outubro ​14/10/2020 (Liberado)
​Novembro ​17/11/2020 (Liberado)
​Dezembro ​15/12/2020
​Janeiro ​​​​19/0​1/2021
​Fevereiro
​Março ​​11/02/2021
​Abril
​Maio ​​17/03/2021​​

Para receber ao abono, é necessário que a pessoa esteja cadastrada no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, recebendo, em média, até dois salários mínimos no ano-base.

Além disso, o trabalhador deve ter exercido atividade formal por no mínimo 30 dias no ano-base e possuir os dados informados corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

FGTS Emergencial

O FGTS emergencial é destinado aos trabalhadores que possuem saldo em contas ativas e inativas no fundo. Houve dois calendários distintos para o benefício, sendo o primeiro para o depósito do dinheiro na poupança social e o outro para saques e transferências.

O calendário de liberação, que pagou de acordo com o mês de nascimento da pessoa, foi finalizado. A partir de agora, saques e transferências do benefício de até R$ 1.045 podem ser feitos até 31 de dezembro de 2020.

Contudo, vale mencionar que se a poupança social digital não tiver movimentação até o dia 30 de novembro, os valores retornarão à conta vinculada ao Fundo, devidamente corrigidos.

Para saber mais sobre as datas de repasses, confira o calendário abaixo:

Nascidos em Crédito na conta poupança social digital Disponível para Saque em espécie ou transferência para outras contas
Janeiro 29/06/2020 (Liberado) 25/07/2020 (Liberado)
Fevereiro 06/07/2020 (Liberado) 08/08/2020 (Liberado)
Março 13/07/2020 (Liberado) 22/08/2020 (Liberado)
Abril 20/07/2020 (Liberado) 05/09/2020 (Liberado)
Maio 27/07/2020 (Liberado) 19/09/2020 (Liberado)
Junho 03/08/2020 (Liberado) 03/10/2020 (Liberado)
Julho 10/08/2020 (Liberado) 17/10/2020 (Liberado)
Agosto 24/08/2020 (Liberado) 17/10/2020 (Liberado)
Setembro 31/08/2020 (Liberado) 31/10/2020 (Liberado)
Outubro 08/09/2020 (Liberado) 31/10/2020 (Liberado)
Novembro 14/09/2020 (Liberado) 14/11/2020 (Liberado)
Dezembro 21/09/2020 (Liberado) 14/11/2020 (Liberado)

Dica: com o dinheiro disponibilizado na poupança social Caixa, ainda é possível pagar boletos, usar cartão de débito e QR Code para compras online.

Leia ainda: Liberado Lucro do FGTS 2020; Veja como sacar o rendimento


Voltar ao topo

Deixe um comentário