scorecardresearch ghost pixel

Poupança social digital da Caixa terá limite de movimentação de até R$ 5.000; Veja outras mudanças

Pagamento de outros benefícios sociais, como abono salarial e FGTS, também serão realizados através do Caixa Tem.

A poupança social digital da Caixa Econômica Federal passará por mudanças. Até então, a plataforma estava sendo utilizada apenas por beneficiários do auxílio emergencial e do FGTS emergencial. Após a sanção do presidente Jair Bolsonaro para a lei que amplia seu uso para o pagamento de outros benefícios do governo, os usuários também poderão receber o abono salarial e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) através do aplicativo Caixa Tem.

Principais Mudanças

Sancionado sem vetos, o projeto também diz que a Caixa deverá emitir um cartão físico para o usuário e que o banco não poderá cobrar tarifas de manutenção da conta. A conta terá um limite de movimentação de até R$ 5 mil por mês e permitirá ao usuário realizar até três transferências eletrônicas para outros bancos (TEDs), mensal e gratuitamente.

A poupança social digital também poderá receber depósitos de benefícios sociais pagos pela União, estados e municípios (exceto os de natureza previdenciária, como auxílio-doença e aposentadoria). O cidadão que tiver interesse em uma conta deste tipo, deverá autorizar sua abertura ou utilizar outra já existente em seu nome.

Através de seu site e do aplicativo, a Caixa vai disponibilizar uma ferramenta de consulta para o beneficiário. Através do CPF, ele poderá verificar se já existe alguma conta aberta em seu nome e conseguir acesso à ela. Vale ressaltar que, caso tenha interesse, o cliente poderá fechar ou convertê-la em conta regular gratuitamente.

Veja também: Precisando de grana? Veja três formas de sacar o dinheiro do Caixa Tem antes do prazo


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário