scorecardresearch ghost pixel

Sugestão de estender auxílio emergencial até 2021 ressurge e Guedes se manifesta

Assessores dizem que decisão está nas mãos de Bolsonaro e que deverá ser tomada na semana que vem, após segundo turno das eleições municipiais.

Orientados por assessores com gabinetes no Palácio do Planalto, membros da ala política do governo estão levando e trazendo informações do Congresso sobre a possibilidade de estender o pagamento do auxílio emergencial até março do ano que vem. Um interlocutor do Legislativo disse ao Radar Econômico, que “estão tentando plantar a semente”. Na última sexta-feira, 20, para conversar sobre o assunto, emissários do governo foram até o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e teriam ouvido um “não” do deputado.

Outras discussões sobre o assunto circundaram o Planalto nesta segunda-feira, 23. Os assessores dizem que está nas mãos do presidente Jair Bolsonaro a decisão e que deverá ser tomada na semana que vem, depois do segundo turno das eleições municipais.

Entretanto, as tentativas de trazer à tona a discussão acontecem sem a participação e aprovação do ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo ele, não há motivo para estender o benefício sem uma “segunda onda” severa da pandemia de covid-19. O ministro da Economia, afirma também que quem sugere o pagamento do auxílio por mais meses tem más intenções.

Novo ciclo de pagamentos do auxílio

A Caixa Econômica Federal, deu início ao pagamento do 5º ciclo do auxílio emergencial neste domingo, 22, nos valores de R$ 300, R$ 600 ou R$ 1,2 mil, dependendo do número da parcela para trabalhadores que não estão inscritos no Bolsa Família.

Deste grupo fazem parte trabalhadores informais, autônomos, desempregados e Microempreendedores Individuais (MEIs) que se cadastraram por meio de aplicativo ou site ou que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).

Neste domingo, o dinheiro começou a ser creditado a 3,6 milhões de nascidos em janeiro, na segunda foi pago para nascidos em fevereiro, não há pagamentos nesta terça, mas amanhã serão liberados depósitos para nascidos em março.

Veja também: Última parcela do auxílio de R$ 300 liberada em dezembro. Veja calendário completo e quem recebe


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário