scorecardresearch ghost pixel



Polêmica: iPhone associa palavra referente à gagueira a emoji da “cara tonta”

A organização britânica afirma que associar essa figura a pessoas com gagueira é ofensivo. A figura poderia causar constrangimento e ser prejudicial aos usuários.



A Apple está sendo acusada de constranger pessoas que tenham gagueira. O motivo seria o que ocorre após digitar a palavra “stammering” (gaguejando, em inglês) no iPhone. O aparelho sugere o uso de um emoji respectivo à “cara tonta” (🥴). A acusação foi feita pela Associação Britânica de Gagueira (STAMMA).

A organização britânica afirma que associar essa figura a pessoas com gagueira é ofensivo. A figura poderia causar constrangimento e ser prejudicial aos usuários.

Leia também: Veja como ler mensagens do WhatsApp sem aparecer “online”

O ocorrido foi presenciado em aparelhos iPhone dos modelos 5S, 7, SE, 11, XR, 12 Pro Max e em iPads. A associação com o emoji ocorre ao utilizar apps como Facebook, WhatsApp e Instagram. Além disso, também acontece no próprio mensageiro da Apple, o iMessage.

Até o momento, a sugestão ocorreu apenas quando utilizado o termo em inglês. Usuários do Brasil não relataram a associação pejorativa do termo na língua nativa.

A STAMMA relatou ter recebido centenas de reclamações desde que a ação foi documentada. Em matéria do site Techtudo, o CEO da ONG britânica diz o seguinte sobre a associação do termo:

“É degradante e prejudicial. Tratar isso [a gagueira] como uma piada é estigmatizante. Isso [o uso do emoji] pode deixar as pessoas constrangidas, intimidadas e envergonhadas, o que pode afetar sua saúde mental, carreira e relacionamentos”.

Emoji é geralmente usado para ilustrar bebedeira ou perplexidade

O emoji “woozy face” recebe o nome aportuguesado de “cara tonta” ou de “cara bêbada”. Ele é utilizado, em geral, para ilustrar intoxicação, bebedeira, paixão ou perplexidade. As informações são do portal Emojipedia. Sentimentos como nojo, exaustão, satisfação e maluquice também são aliados ao emoji. Ele foi lançado no ano de 2018, no pacote Unicode 11.

Em contrapartida às acusações recebidas, a Apple ainda não se manifestou sobre o tema. Não se sabe o motivo dos dispositivos fazerem a leitura da palavra associada ao emoji. Especialistas sugerem que seja uma divergência causada pela própria inteligência artificial.

A organização britânica orienta os seus membros e os apoiadores a registrarem suas reclamações. O registro é feito na página de feedback de produtos, no site oficial da Apple. O problema pode ser categorizado como “Emoji Impróprio”. O ID da ocorrência é o 101.412.774.805.




Voltar ao topo

Deixe um comentário