scorecardresearch ghost pixel



Após atualização, piloto-automático da Tesla fica com bug perigoso

A falha chamada de "frenagem fantasma" era recorrente no Tesla Auto-Pilot já há algum tempo.



Após a identificação de uma série de falhas, o Tesla Auto-Pilot tem enfrentado problemas a cada atualização. A última da vez foi o sistema de direção autônoma e segurança ativa da montadora que tem feito algumas frenagens desnecessárias diante do menor sinal de aproximação de outros veículos ou, muitas vezes também sem nenhum motivo aparente.

Leia ainda: Erro ou mal entendido? Clientes do Inter reclamam de campanha que oferecia cartão Black 

Isso é muito preocupante já que pode causar acidentes de trânsito devido ao alto grau de imprevisibilidade das paradas dos veículos.



A falha chamada de “frenagem fantasma”, era recorrente no Tesla Auto-Pilot já há algum tempo, mas piorou após a última atualização no programa, que ainda está em fase beta.

Esse problema chamou a atenção da Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário (NHTSA). O órgão, que é responsável pelas leis e diretrizes de trânsito nos Estados Unidos, emitiu um comunicado a respeito da falha depois de testar o recurso.



Usuários da Tesla relatam que o problema se intensificou depois que os carros da marca passaram a usar o conjunto de câmeras Tesla Vision para monitorar o tráfego, em vez dos o que antes acontecia com o uso dos radares LiDAR e similares.

A empresa, que não pretende voltar a usar tão cedo os equipamentos antigos, prometeu que fará atualizações para corrigir a falha.




Voltar ao topo

Deixe um comentário