scorecardresearch ghost pixel



‘Pula parcela’: Itaú permitirá ‘pular’ até 2 parcelas de financiamento imobiliário por ano

O banco Itaú permite que clientes com contrato de financiamento consigam o pulo de até duas parcelas, de forma atrativa em meses de aperto.



Agora o crédito imobiliário do Itaú tem o chamado “pula parcela”, que permite que os clientes deixem de pagar até duas vezes o financiamento imobiliário ao ano.

Leia mais: Comprar um carro novo exige planejamento: fila de espera ainda chega a 180 dias

De acordo com o banco Itaú, o programa é para ajudar os clientes naqueles meses que é mais difícil fechar as contas.



Em primeiro lugar, é permitido pular até duas parcelas do financiamento por ano. Ou seja, pode deixar de pagar por até dois meses seguidos. Além disso, o mesmo pode ser feito depois de 12 meses. Com isso, as parcelas puladas vão ser somadas ao crédito que ainda é devido.

Dessa forma, o pula parcela dilui os valores ao longo de todo o contrato de financiamento.

Pulo de até duas parcelas: como funciona?

De acordo com o Itaú, o pula parcela vale para quem tem mais de sete parcelas até quitar o contrato. Outra exigência é que o pagamento do financiamento esteja, até então, em dia, sem atrasos.



Para contratar o pula parcela, o cliente pode fazer tudo isso online. É só baixar o aplicativo do Itaú e clicar em “financiamento de imóvel”.

Depois disso o cliente pode escolher quais parcelas quer pular. Para quem ainda não tem um financiamento, a contratação pode ser feita toda online.

O banco oferece ainda atendimento por meio do WhatsApp, com apoio durante a contratação. Além disso, a resposta para o pedido de financiamento é dada ao cliente com até 1 hora. Isso vale para contratos de até R$ 1,5 milhão.



O financiamento pelo banco Itaú permite o uso do FGTS como entrada. Além disso, os clientes podem incluir os gastos de cartório e outros encargos nas parcelas do financiamento.

Como contratar o financiamento?

Do mesmo modo, para contratar o crédito imobiliário o cliente pode fazer uma simulação e enviar a proposta online. É feito o envio de documentos para análise, depois tem a avaliação do imóvel.
Por fim, se aprovado, o crédito do financiamento é liberado em até três dias úteis.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário