scorecardresearch ghost pixel



Novo calendário do PIS/Pasep se aproxima: Pagamentos em janeiro de 2022

Trabalhadores poderão receber benefício em dobro.



Os pagamentos do PIS/Pasep estão próximos, já que iniciarão em janeiro e ainda alguns trabalhadores terão a alegria de receber em dobro. O PIS é um Programa de Integração Social que se volta aos trabalhadores da iniciativa privada.

Veja também: Quer economizar no combustível? Siga estas 10 dicas imperdíveis

Os servidores públicos possuem uma parcela correspondente a ele, o Pasep. Esses valores correspondem a um bônus anual, mas para recebê-los é necessário preencher a uma série de regras.



O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) afirmou que os pagamentos irão começar em janeiro. Contudo, ainda não houve a divulgação das datas.

Mesmo ainda sem conhecer o calendário 2022 para o PIS/Pasep, vale lembrar que ele terá dois pagamentos distintos. O primeiro se refere ao ano de 2020 e o segundo a 2021. Com a expectativa do novo salário mínimo em R$ 1.210, o abono pode chegar a R$ 2.400 no decorrer do ano.



As regras para saber quem tem direito ou não ao benéfico continuam as mesmas, então as pessoas já podem saber se elas receberão ou não o abono salarial. É importante analisar as regras em relação aos dois anos de pagamento. Isto é, de 2020 e 2021. Assim, veja se é possível receber dois abonos em 2022:

  • Cadastro no PIS/Pasep por ao menos 5 anos;
  • Remuneração mensal de até 2 salários mínimos (R$ 2.200);
  • Ao menos 30 dias de trabalho com anotação em CTPS no ano-base de pagamento.

O valor do abono se baseia no salário mínimo. Assim, basta dividi-lo por 12 e, depois, multiplicá-lo pelo número de meses (em cada ano de pagamento) em que houve trabalho de ao menos 30 dias.




Voltar ao topo

Deixe um comentário