scorecardresearch ghost pixel



Procurando um carro automático econômico e confortável? Confira 5 modelos

Confira a lista com 5 modelos de carros automáticos super econômicos.



O que você mais procura em um carro? Conforto? Economia? Que tal os dois? Geralmente quando se fala carros confortáveis os mais pesquisados são os carros com câmbios automáticos, o que faz muito sentindo, tendo em vista que o motorista não precisará ficar trocando as marchas.

Leia também: Até 1.000 km: SUV elétrico chinês tem maior autonomia do mundo

Confira a seguir uma lista com 5 carros que, além de conforto, podem te proporcionar muita economia, pois possuem um bom consumo de combustível.



Toyota Yaris 1.3 CVT

O primeiro da nossa lista é Toyota Yaris, de origem japonesa. Esse modelo foi lançado no Brasil no ano de 2018 e já está na terceira edição, sendo um dos carros mais vendidos em diversas partes do mundo.

Os brasileiros podem encontrar esse modelo no mercado em duas opções de carroceria e duas opções de motorização. Vale salientar que o carro na versão de entrada do modelo hatch é um dos mais econômicos do Brasil.

O motor do Yaris XL Live é 1.3L Dual VVT-i 16V Flex com transmissão CVT.

Consumo:

  • Dentro da cidade ele pode ter uma média de consumo de 13,1 km/l (gasolina) e 9 km/l (etanol)
  • Já na estrada ele pode chegar a até 14,2 km/l (gasolina) e 9,9 km/l (etanol).

Toyota Yaris Sedan 1.5 CVT

Outra opção muito boa da mesma marca é a versão sedã do Yaris. Este modelo possui um espaço interno entre-eixos de 2.550 mm e um porta-malas de 473 litros. Ele possui uma opção de propulsor, 1.5 L Dual VVT-i 16V Flex com transmissão CVT.

A potência máxima dele é de 110 cv (etanol) ou 105 cv (gasolina). Já o torque é de 14,9 kgfm (etanol) ou 14,3 (gasolina).



Consumo:

  • Dentro da cidade esse modelo pode chegar a consumir 13 km/l (gasolina) e 9 km/l (etanol)
  • Na estrada gira em torno de 14,5 km/l (gasolina) e 10,6 km/l (etanol)

Toyota Yaris 1.5 CVT

Dominando a terceira posição da nossa lista temos o Toyota Yaris com o motor 1.5 16V Flex. E ele traz três versões do hatchback (XL Plus Connect, XS Connect e XLS Connect) que são mais potentes. Com este propulsor, o carro pode acelerar de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 173 km/h.

Consumo:

  • Na cidade o consumo fica em 12,6 km/l (gasolina) e 8,8 km/l (etanol)
  • Já na estrada ele gasta 13,8 km/l (gasolina) e 10 km/l (etanol)

Honda City

Ocupando a quarta posição temos outro sedã super compacto, o Honda City. Um dos principais destaque deste modelo é o porta-malas que tem 575 litros. O motor dele é 1.5 16V SOHC i-VTEC FlexOne.

Este propulsor pode gerar uma potência máxima de 115 cv (gasolina) ou 116 cv (etanol) e torque máximo de 15,3 kgfm. Ele possui quatro versões (Personal, LX, EX e EXL) e todas estão equipadas com uma transmissão CVT.

Consumo:

  • Dentro da cidade o consumo fica em torno de 12,3 km/l (gasolina) e 8,5 km/l (etanol)
  • Já na estrada é de 14,5 km/l (gasolina) e 10,3 km/l (etanol)


Honda Fit

Por último ficou o modelo que é um dos queridinhos dos brasileiros. Lançado no ano de 2003, o Honda Fit está em sua terceira geração. Um dos pontos interessantes desse modelo começa pelo espaço interno e os equipamentos de serie oferecidos.

Ele tem cinco versões diferentes, dentre elas apenas o modelo de entrada utiliza um câmbio manual. As outras usam uma caixa automática do tipo CVT.

O motor é o 1.5 16V SOHC i-VTEC FlexOne e produz uma potência máxima de 116 cv com torque de 15,3 kgfm.

Consumo:

  • Na cidade esse modelo faz 12,3 km/l (gasolina) e 8,3 km/l (etanol)
  • E na estrada ele faz 14,1 km/l (gasolina) e 9,9 km/l (etanol).




Voltar ao topo

Deixe um comentário