scorecardresearch ghost pixel



Salário mínimo previsto para 2022 é aprovado pelo Congresso e pode bater recorde

A previsão é que o novo valor entre em vigor a partir de janeiro de 2022.



O reajuste do salário mínimo de 2022 está sendo aguardado com muita expectativa pelos trabalhadores e pelas empresas. Com a alta da inflação, o valor reajustado para o próximo ano pode bater recorde, tendo em vista os anos anteriores.

Veja também: Viagens incríveis e econômicas no Ceará: 5 praias que podem te surpreender

O Congresso Nacional aprovou na última terça-feira o valor do piso nacional frente ao Orçamento Federal para o próximo ano. Com uma alta de 10%, o salário passa dos R$ 1.100 atuais para R$ 1.210 a partir de janeiro de 2022.



Quais os pontos considerados para o reajuste do salário mínimo

Os principais critérios avaliados para que aja um reajuste salarial são:

  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC, que mede os níveis de inflação do país;
  • PIB (Produto Interno Bruto) responsável por refletir a soma das riquezas em produção do país de 2 anos anteriores.

Em 2020, o PIB deixou de ser considerado como base de cálculo para reajuste do salário mínimo, ficando como único referencial de reajuste o INPC.

Desta forma, desde 2020 o salário mínimo está sem um reajuste com ganho real aos brasileiros, levando em conta que ele é corrigido apenas para que os trabalhadores não percam seu poder de compra frente a inflação do país.



Novo salário mínimo para 2022

Sobre o salário mínimo para o próximo ano, existe uma expectativa de que aconteça conforme a previsão divulgada pelo Ministério da Economia no mês de novembro, e o INPC feche em alta com 10,04%, podendo o salário mínimo alcançar o valor de R$ 1.210,44, ou seja, uma alta de R$ 110,44 para o piso nacional.

Lembramos que em 2021, o reajuste salarial ficou muito abaixo da inflação, mas o governo aplicou um índice de 5,26% para correção do salário mínimo, e determinou o piso nacional em R$ 1.100 ao longo do ano.

Conforme declaração do então secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia Bruno Funchal, essa compensação de R$ 2 que ficou faltando para este ano, seria aplicada na correção do salário mínimo de 2022.

A partir de janeiro após a definição do valor pelo governo, o novo salário mínimo entrará em vigor. Mas é importante lembrar que caso a inflação sofra alguma alteração, o salário poderá ser reajustado também.



Reajuste em benefícios

A correção de alguns benefícios destinados aos trabalhadores e aos segurados do INSS, também são de responsabilidade do salário mínimo e do próprio INPC. Saiba quais os benefícios que serão reajustados em 2022 com base no novo valor do salário mínimo.

  • Benefícios pagos pelo INSS
  • Aposentadoria especial;
  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-doença;
  • Benefício assistencial;
  • Pensão por morte;
  • Salário-maternidade.

É importante salientar que o teto máximo do INSS e o valor pago de forma mensal pelos contribuintes individuais e facultativos também passarão por reajustes.

  • Benefícios dos trabalhadores
  • Abono salarial do PIS/Pasep;
  • Seguro-desemprego.




Voltar ao topo

Deixe um comentário