scorecardresearch ghost pixel



Aprenda a antecipar o saque do FGTS pelo app Caixa Tem

O saque-aniversário do FGTS pode ser solicitado de forma simples e rápida por meio do aplicativo do Caixa Tem.



O aplicativo Caixa Tem vem se atualizando ao longo dos meses e oferecendo mais serviços e facilidades para os usuários. Além de ter todas as informações dos benefícios reunidas em um só lugar, o Caixa Tem também permite a antecipação do saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Aprenda o passo a passo.

Leia mais: Dicas de ouro para pagar suas dívidas com o saldo do FGTS

É o saque-aniversário do FGTS que pode ser solicitado pela internet, de forma rápida e prática. São só alguns cliques para registrar o interesse pelo saque antecipado do benefício.

Saque do FGTS

O valor mínimo de antecipação é de R$ 500. O pedido pelo saque-aniversário é um direito de todos os trabalhadores de carteira assinada. Assim, a primeira etapa é fazer uma conta no Caixa Tem. O processo é feito de maneira digital.



Depois de baixar o app e criar a conta, o empréstimo pode ser solicitado. Antes o valor mínimo para ser solicitado era de R$ 2 mil. De acordo com a Caixa Econômica, os trabalhadores podem antecipar até três anos de saque-aniversário.

O dinheiro é liberado rapidamente. Ou seja, no dia seguinte à solicitação o trabalhador já recebe o benefício. Por isso, o saque-aniversário é uma das poucas situações que permitem o acesso ao dinheiro do FGTS.

Dessa forma é preciso optar pelo saque antecipado. E as cotas de 2022 já começaram a ser acessadas pelos trabalhadores que fizeram a opção pelo saque- aniversário. Assim, o dinheiro pode ser retirado no mês de aniversário. Só no mês de janeiro, mais de 1,3 milhão de brasileiros podem receber o benefício.

Segundo dados do governo federal, mais de 17,8 milhões de brasileiros já declararam que querem o acesso ao dinheiro neste ano de 2022. Vale lembrar que o saque-aniversário é permitido desde o ano 2000. Assim, é possível pegar parte do saldo do FGTS, seja de contas ativas ou inativas.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário