scorecardresearch ghost pixel



Auxílio emergencial 2022 de R$ 600 tem calendário divulgado; Veja quem recebe

Pagamentos começam a partir do dia 13 de janeiro. Repasses acontecerão via agência da Caixa, lotéricas ou app Caixa Tem.



Com o objetivo de apoiar famílias carentes no enfrentamento às consequências sociais e econômicas da pandemia da Covid-19, foi criado Programa Auxílio Belo Horizonte. Por meio da Lei 11.314/21, mais de 300 mil famílias que residem no munícipio serão beneficiadas com subsídios de R$ 600.

Leia mais: Confira TODAS as datas de pagamentos do Auxílio Brasil neste mês de Janeiro

De caráter provisório, a ajuda será concedida em seis parcelas consecutivas de R$ 100. Ao todo, serão oferecidos quatro tipos de subsídios, sendo três deles para famílias em situação de vulnerabilidade e o outro para estudantes matriculados na Rede Municipal de Educação.



Quem recebe a ajuda?

Em suma, têm direito ao benefício as famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) até 30 de junho de 2021 e que tenham renda per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo.

Também entram na lista de beneficiários outros 19 grupos, independente de cadastro no banco de dados do governo (veja lista completa aqui).

Calendário do Auxílio Belo Horizonte

Confira a seguir as datas de repasses da ajuda, que também poderá ser resgatada através do aplicativo Caixa Tem:

Mês de nascimento do representante familiar
Saque em agências da CEF ou lotéricas
Janeiro e Fevereiro  13 de janeiro de 2022
Março e Abril  14 de janeiro de 2022
Maio e Junho  17 de janeiro de 2022
Julho e Agosto  18 de janeiro de 2022
Setembro e Outubro  19 de janeiro de 2022
Novembro e Dezembro  20 de janeiro de 2022


Como saber quem tem direito ao benefício?

Para saber acerca da elegibilidade do auxílio, a família deve acessar o site do Programa e consultar quem foi aprovado usando o número do CPF e o primeiro nome do responsável familiar.

Em seguida, o cidadão deve tomar ciência e anuir ao termo de adesão do Programa. A partir daí, ele precisa solicitar o pagamento de um ou mais benefícios, caso seja elegível. O pagamento do auxílio só será liberado após o preenchimento da concordância e solicitação de pagamento.

O subsídio financeiro será pago por família, independente do número total de membro. Caso tenha perdido o prazo para fazer a consulta e aceitação, o cidadão não terá mais direito ao benefício.




Voltar ao topo

Deixe um comentário