scorecardresearch ghost pixel



Chocolate todo dia pode reduzir pressão arterial e melhorar a saúde

Confira qual é a quantidade de chocolate que pode ser ingerida diariamente para oferecer qualidade de saúde. Desvende os mistérios do cacau.



Especialistas se dividem sobre os benefícios e prejuízos do consumo de doces para o organismo. Contudo, uma coisa é certa: chocolate, moderadamente, faz bem para saúde. Principalmente os chocolates mais amargos podem trazer vários benefícios para o corpo. Claro que o consumo deve ser feito com moderação, algo em torno de dois pedaços ao dia.

Veja também: Receita de bolo de chocolate fácil de fazer na airfryer

Lembrando que quando se fala em “dois pedaços”, quer dizer dois “quadradinhos” de uma barra. Assim, mesmo os chocolates orgânicos, com baixo teor de açúcar, não devem ser ingeridos descontroladamente. Se você respeitar os limites corretos, os benefícios podem ser muitos.



Conheça os benefícios do chocolate para o corpo

Diversas pesquisas já demonstraram que o chocolate amargo gera benefícios para a saúde. Eles podem ajudar até mesmo a tratar a depressão e ansiedade. Confira abaixo as vantagens que o consumo moderado de chocolate oferece:

  • Diminui as chances de doenças cardíacas;
  • Reduz a possibilidade de AVC;
  • Ajuda no combate ao câncer;
  • Auxilia no controle do diabetes (chocolates sem açúcar);
  • Melhora os níveis de serotonina e de endorfina no corpo;
  • Aumenta a sensação de saciedade e ajuda em dietas;
  • Aprimora a capacidade de raciocínio;
  • Estimula a memória;
  • Reduz a pressão arterial;
  • Regula os níveis de colesterol; entre outros.

Quanto posso comer de chocolate para manter a saúde?

Como mencionado anteriormente, é preciso consumir chocolate amargo. Trata-se de chocolates que tenham mais de 60% de cacau e o mínimo de açúcar e leite possível.



A quantidade indicada é de dois quadradinhos de chocolate por dia. Dessa forma, os benefícios ficam garantidos sem o risco de aumentar consideravelmente os níveis de açúcar.

Elemento do cacau tem eficiência no combate a hipertensão

O cacau é composto por alguns elementos, entre eles os flavonóides. Estudos apontam que povos antigos que consumiam o cacau em suco controlavam a pressão arterial. Além de viverem por mais tempo, a pressão sanguínea não aumentava com a velhice. Um exemplo de povo assim é o Guna, que vive na costa do Panamá.

Além do cacau, os flavonóides estão presentes no morango, mirtilo, maçã e cebola. Contudo, as sementes amargas de cacau são as campeãs em quantidade de flavonóides. Por isso, dê preferência aos chocolates mais amargos que encontrar.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário