scorecardresearch ghost pixel



iPhone 13 Pro, MacBook e outros: Veja o que começa a entrar no Brasil sem taxa

Mudança anunciada pela Receita Federal amplia o limite de isenção da tarifa sobre produtos importados para US$ 1.000.



Quem gosta de ir para o exterior para fazer compras vai comemorar uma mudança nas regras anunciada recentemente pela Receita Federal. Agora, a taxa de 50% em impostos cobrada pelas alfândegas só incidirá sobre produtos importados com valores acima de US$ 1 mil.

Leia mais: 38 modelos de celulares perderão acesso ao WhatsApp definitivamente

Até então, a isenção valia somente para itens com a metade desse valor, ou seja, US$ 500. Para a alegria dos fãs de tecnologia, muitos lançamentos feitos nos últimos meses estão abaixo do novo limite, como o iPhone 13 Pro, o MacBook Air e o Galaxy Z Flip 3.



A mudança, que está valendo desde o dia 1º de janeiro, foi a primeira em 26 anos. A Receita afirma que a medida tem como objetivo acompanhar o efeito inflacionário que “ocorreu durante todo o mundo nas últimas décadas”.

Mesmo com o aumento, vale lembrar que a Polícia Federal verifica o valor total da compra do viajante, e não apenas o preço de um produto. Além disso, objetos comprados nos Estados Unidos podem ter taxas de imposto diferentes, de acordo com o estado onde a aquisição dos feita.

O Fisco não considera itens de uso pessoal, como notebook e celular, na cobrança da taxa. Entretanto, é preciso comprovar que o aparelho realmente é usado, e que não foi tirado da caixa só para passar pela alfândega como tal.



Lançamentos que entram no Brasil sem taxa

Confira um lista com alguns produtos recém-lançados que agora ficam isentos de tributos na entrada do Brasil:

iPhone 13 Pro (US$ 999): oferece maior desempenho, tela de 6,1 polegadas e bateria que dura por mais tempo. No modelo Pro, são três câmeras de 12 megapixels que tiram fotos no escuro e de pequenos objetos em alta resolução.

MacBook Air com M1 (US$ 999): o novo modelo vem com chip M1, que garante alta performance na execução de softwares mais pesados, além de GPU com sete núcleos que entrega um processamento de imagem de alta qualidade.

Galaxy Z Flip 3 (US$ 999): o celular dobrável da Samsung é compatível com a rede 5G e ficou atrás apenas do iPhone 13 Pro Max na lista de melhores celulares de 2021.



Google Pixel 6 Pro (US$ 899): com um preço um pouco abaixo do Galaxy Z Flip 3, o aparelho tem tela de 6,7 polegadas, com resolução de 440p e taxa de atualização de 120 Hz.

Câmera Mirrorless Sony A6400 (US$ 899): o gadget tem tela na parte de trás que pode ser dobrada, boa definição de imagem e contraste maior que o de outras câmeras com o mesmo preço.

Processador Intel Core i9 – 12900K (US$ 599): para os amantes de jogos, o processador tem 128 GB de memória, CPU de 16 núcleos e limite de 5.20 GHz.

Xiaomi Mi Scooter Elétrica (US$ 599): ainda dentro do novo limite, a scooter da Xiaomi é compacta, sustentável e fácil de usar. É excelente para fugir do trânsito de grandes cidades com muito charme.




Voltar ao topo

Deixe um comentário