scorecardresearch ghost pixel



Os vilões da dieta: 4 alimentos que parecem saudáveis, mas na verdade sabotam seu emagrecimento

Veja os alimentos que podem estar atrapalhando o seu processo de emagrecimento.



Muito cuidado, nem tudo é o que parece ser de fato. Alguns alimentos que deveriam ajudar no emagrecimento podem, na verdade, atrapalhar. Esses alimentos geralmente vêm muito bem mascarados e podem impedir que você consiga alcançar o seu objetivo.

Veja também: Dieta Low Carb: aprenda receitas fáceis para uma alimentação mais saudável

Confira a seguir uma lista com quatro alimentos que são conhecidos como “fitness” e que mais atrapalham do que ajudam na hora de perder aqueles quilinhos.



Alimentos zero açúcar ou zero gorduras

Esse aqui é um grande vilão do emagrecimento, pois ele é zero açúcar ou zero gordura, mas contém muitas calorias. Dessa forma, é preciso que seja consumido com moderação, pois o seu consumo excessivo pode contribuir para o aumento calórico e, consecutivamente, o aumento da gordura corporal.

Doces fitness e/ou sem glúten

Geralmente os produtos que substituem o glúten possuem um teor calórico muito alto, o que pode contribuir para o ganho de peso. Numa dieta equilibrada, recomenda-se que os doces com ou sem glúten sejam consumidos com moderação.



Barras de proteína

Elas ajudam na manutenção das proteínas no corpo, mas não são uma boa estratégia para o emagrecimento. Essas barrinhas proteicas possuem uma grande quantidade de gordura e ingredientes artificiais que podem sabotar o seu processo de emagrecimento.

Alimentos saudáveis

Não se esqueça que o ganho de peso está diretamente associado ao excesso no consumo de calorias. Ingredientes como aveia, pasta de amendoim e batata-doce, apesar de saudáveis, quando ingeridas sem excesso, promovem um balanço energético positivo. Portanto, se estiver em uma dieta e quiser comprar os alimentos citados acima, verifique e esteja sempre atento ao valor calórico total.

Para uma dieta mais saudável lembre-se: descasque mais e desembale menos, ou seja, coma mais frutas e verduras e menos produtos industrializados.




Voltar ao topo

Deixe um comentário