scorecardresearch ghost pixel



Quer acabar com a caspa? Estas dicas naturais e baratinhas podem te ajudar

A caspa é um incômodo tanto para homens quanto para as mulheres. Para muitos a quantidade é até constrangedora. E nem sempre os shampoos dão conta de resolver esse problema. Mas, com algumas dicas naturais, as caspas podem sim ser eliminadas. Leia mais: Tratamento caseiro que pode ajudar nos casos de cabelo ralo A primeira dica […]



A caspa é um incômodo tanto para homens quanto para as mulheres. Para muitos a quantidade é até constrangedora. E nem sempre os shampoos dão conta de resolver esse problema. Mas, com algumas dicas naturais, as caspas podem sim ser eliminadas.

Leia mais: Tratamento caseiro que pode ajudar nos casos de cabelo ralo

A primeira dica para quem precisa acabar com a caspa é fugir dos banhos quentes. Pode até ser morna, mas quente demais é um veneno e faz com que as caspas fiquem ainda mais evidentes. Além de ser um estímulo também para as coceiras.



Acabe com as caspas

Outra proposta é apostar em esfoliações frequentes. Assim, um esfoliante natural é a borra de café. Pegue uma pequena quantidade e passe no couro cabeludo. Faça movimentos circulares, sem fazer força. E depois de 10 minutos de massagem, deixa a borra de café agir no couro cabeludo por uma hora. Depois é só lavar como o de costume.

Essa esfoliação natural pode ser feita a cada 15 dias ou sempre que sentir que é preciso fazer uma limpeza maior no couro cabeludo.

Além disso, o pó de chia também pode ajudar. Misture o pó com iogurte e passe no couro cabeludo por cerca de 5 minutos. Deixe agir um pouco e também mantenha a mistura por cerca de uma hora.



Aposte também em um bom shampoo anticaspas. Mas, se notar que o produto não tem feito diferença depois de alguns dias de uso, trocar de marca pode ser uma opção.

Além de tudo isso, a dica é sempre procurar ajuda profissional. Por isso, se as caspas forem em grande quantidade estiverem provocando muita coceira e incômodo, o melhor é buscar atendimento com um dermatologista e seguir todas as orientações.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário