scorecardresearch ghost pixel



ESTES produtos devem ficar mais caros com a guerra entre Rússia e Ucrânia

O conflito pode encarecer diversos produtos no Brasil. Veja quais.



A guerra que está acontecendo entre a Ucrânia e a Rússia pode deixar muitos estragos, principalmente no que se refere a economia. O Brasil está na lista dos países que possuem parcerias com as duas nações, como também estão os países da Europa e os Estados Unidos. Diante disso, esses conflitos podem sim despertar temores negativos na economia.

Veja ainda: Com guerra entre Rússia e Ucrânia, gasolina pode chegar a R$ 9,50 no Brasil

Economistas de todo o mundo neste momento estão em busca de informações para avaliar os possíveis impactos do ataque russo à Ucrânia, tendo em vista que ele pode desencadear uma das maiores guerras na Europa desde 1945.



É pouco provável que esse conflito leve a economia global para uma recessão, mas a ameaça de sanções já começou a elevar o preço de atacado da energia elétrica e de alguns produtos agrícolas.

Por isso, é possível que em alguns dias os consumidores brasileiros já comecem a sentir o preço dos alimentos e do combustível ainda mais caros. Com com o desenrolar do conflito, veja alguns produtos que podem encarecer ainda mais no Brasil dentro dos próximos meses.

Combustível

A gasolina pode sofrer alterações com grandes altas no preço, isso porque o valor do combustível é definido a partir da cotação do barril de petróleo no mercado internacional. Ou seja, se o petróleo se valoriza no mercado internacional, o valor sobre no Brasil.

É importante ressaltar que antes mesmo da guerra começar o petróleo já estava operando em alta, e agora está com a maior alta já registrada desde 2014.

E não só a gasolina é afetada pela alta do petróleo, o gás de cozinha e o diesel também são.



Alimentos

Os alimentos estavam alcançando uma alta de dez anos, mas esse conflito pode fazer as coisas piorarem. A Rússia é o maior exportador de trigo do mundo, a Ucrânia, por sua vez, exporta quantidades significativas de trigo, milho e óleos vegetais.

Sendo assim, é possível esperar uma alta e até escassez de alimentos como pães, biscoitos e outros itens derivados.

Agricultura

Como a Rússia é o maior exportador de nitrato de amônio do mundo, substância essencial para a produção de fertilizantes, é de se esperar que a agricultura também sofra com a escassez de fertilizantes.

Metais

A Rússia também é uma das principais exportadoras de metais do mundo, e esses materiais são usados em uma série de produtos de consumo.




Voltar ao topo

Deixe um comentário