scorecardresearch ghost pixel



Governo pode liberar recursos do FGTS para estimular economia, afirma Guedes

Ministro da Economia sinaliza possível liberação de recursos do FGTS para movimentar a economia do Brasil.



O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo planeja liberar recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para estimular o crescimento da economia até o fim de 2022. A declaração foi dada nesta terça-feira, 22, durante uma conferência do BTG Pactual.

Leia mais: Justiça determina que INSS reduza tempo para liberar benefícios

Medidas semelhantes para movimentar o saldo do fundo já foram adotadas pelo presidente Jair Bolsonaro. Michel Temer também havia feito mesmo durante seu governo.

“Há várias iniciativas que podemos ter daqui até o final do ano que devem ajudar a economia a crescer”, disse o ministro.



“Podemos mobilizar recursos do FGTS também, porque são fundos privados, são pessoas que têm recursos lá e estão passando dificuldade. Às vezes o cara está devendo dinheiro no banco e está credor no fundo. Por que não pode sacar dessa conta e liquidar a dívida dele do outro lado?”, acrescentou.

Outras medidas

Guedes antecipou ainda que um programa de crédito para empresas será lançado em breve “sem grande impacto fiscal”, retomando as iniciativas criadas no auge da pandemia.

O chefe da pasta de Economia voltou a dizer que o governo quer reduzir o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em 25% para apoiar a indústria nacional. Segundo ele, um programa de contratação simplificada voltado para criação de dois milhões de empregos também está em discussão.

Sobre a inflação, o ministro afirmou prever queda, acompanhada de crescimento econômico vertical. Embora a Receita ainda não tenha divulgado dados sobre a arrecadação federal, Guedes afirmou que o crescimento foi de 16% em termos reais.




Voltar ao topo

Deixe um comentário