scorecardresearch ghost pixel



Último dia de inscrições para a Bolsa Trabalho de R$ 540; Veja como participar

Para receber a ajuda, participantes devem realizar cursos profissionalizantes que os ajudarão no reingresso ao mercado de trabalho.



As inscrições para o Programa Bolsa Trabalho terminam nesta segunda-feira, 7. A ação, comandada pelo Governo do Estado de São Paulo, distribui 150 mil vagas entre os municípios participantes. As oportunidades têm como destino a população desempregada, sendo prioridade as mulheres.

Leia mais: Confira o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil para fevereiro

Quem participar do programa deverá realizar atividades em órgãos públicos municipais e estaduais e, em troca, irá receber uma bolsa de R$ 540 por mês. A carga horária de trabalho será de 4 horas diárias, durante cinco dias por semana. Já o benefício terá duração de cinco meses.



Cursos profissionalizantes

Além do cumprimento das atividades laborais, os participantes deverão realizar um curso de qualificação profissional. Trata-se de um apoio à empregabilidade por meio dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs).

No geral, são seis opções de cursos profissionalizantes com duração de 80 horas, todos de caráter virtual e oferecidos pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp):

  • Gestão de Pessoas;
  • Organização de Eventos;
  • Rotinas e Serviços Administrativos;
  • Secretariado e Recepção;
  • Auxiliar de Controle de Produção e Estoque;
  • Gestão Administrativa.

Como se inscrever no programa Bolsa do Povo

As inscrições para participar do programa devem ser feitas no portal Bolsa do Povo de forma 100% gratuita. A lista dos aprovados será divulgada por meio de publicação no Diário oficial.



Podem se candidatar ao Bolsa Trabalho quem cumprir as seguintes condições: ser morador do Estado de São Paulo, estar desempregado, ser maior de 18 anos e ter renda familiar de até meio salário mínimo (R$ 550) por pessoa.

Em caso de dúvidas, basta entrar em contato com a Central de Atendimento Bolsa do Povo pelo número 0800 7979 800 ou através do WhatsApp (011) 98714-2645.




Voltar ao topo

Deixe um comentário