scorecardresearch ghost pixel



Valor do saque-aniversário do FGTS pode ser visto no app

Descubra como calcular o valor do saque-aniversário para ver se compensa fazer a mudança na modalidade do FGTS.



Desde que foi lançado, o saque-aniversário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) tem gerado dúvidas. Uma delas é a respeito do valor que será recebido pelo contribuinte nesta modalidade.

Veja também: Quando posso solicitar minha aposentadoria por idade do INSS?

Uma das alternativas para esclarecer o assunto é acessar o app do FGTS pelo celular, em Android ou iOS. Lá dá para conferir a simulação do saque-aniversário e fazer a opção, caso ache vantajoso.



O que é o Saque-Aniversário do FGTS?

Entenda que o FGTS é um dinheiro acumulado de acordo com o trabalho de cada brasileiro. Para ter direito a ele é necessário estar empregado com registro em carteira sob as normas trabalhistas. A Consolidação da Leis Trabalhistas (CLT) prevê o pagamento de parcelas direto no FGTS.

Quem faz esses pagamentos é o próprio empregador/empresa. Uma porcentagem do salário bruto do funcionário é destinada ao Fundo. Esse dinheiro fica em uma conta sob a tutela do governo. O montante acumulado serve como garantia.

É possível sacar o FGTS em algumas circunstâncias que comprometam o trabalho ou que estejam descritas em lei. O modo mais comum de sacar é em decorrência de uma demissão sem justa causa. O trabalhador também pode usar o FGTS para abater as parcelas de um financiamento imobiliário, por exemplo.



Saque do FGTS no mês de aniversário

O saque-aniversário é uma das possibilidades de ter acesso ao dinheiro do FGTS. Para isso, o trabalhador deve acessar o aplicativo “Meu FGTS” ou site da Caixa e fazer a opção pela modalidade.

Ao selecionar o saque-aniversário, no entanto, o trabalhador fica impedido de sacar o FGTS pela rescisão. Só após 24 meses (2 anos) é possível retornar ao saque-rescisão.

Como simular o valor pelo app?

Para simular o valor do saque-aniversário pelo aplicativo, basta acessar o programa e:

  • Acesse a opção de Saque-Aniversário;
  • Toque em “Simular o valor do Saque-aniversário”.

Na tela aparecerá a quantia que você terá direito a receber.

Quando posso sacar meu FGTS na modalidade saque-aniversário?

Os valores do saque-aniversário ficam disponíveis até o último dia útil do segundo mês subsequente ao do cadastramento. Caso o trabalhador não saque o recurso até essa data, ele volta automaticamente para a conta no FGTS.



O serviço está disponível pelo aplicativo FGTS, no site fgts.caixa.gov.br, no Internet Banking Caixa ou nas agências do banco. A migração não é obrigatória e quem não fizer a opção permanecerá na sistemática do saque-rescisão.

Quem optar pelo saque-aniversário até o último dia do mês de seu aniversário poderá receber o valor no mesmo ano de opção.

Tabela de valores

Ao fazer a opção pela modalidade, o trabalhador poderá sacar uma porcentagem do FGTS disponível. Além disso, o valor será acrescido de uma parcela adicional, conforme a tabela:

Saldo do FGTS (em R$)

Alíquota Parcela Adicional (em R$)

Até 500

50% 0

De 500,01 até 1.000

40% 50

De 1.000,01 até 5.000

30%   150
De 5.000,01 até 10.000 20%

650

De 10000,01 até 15.000

15% 1.150,00

De 15.000,01 até 20.000

10% 1.900

Acima de 20.000,01

5% 2.900

 Quem tem direito?

Todos os trabalhadores que possuem carteira assinada e tenham saldo positivo no FGTS. Contudo, é preciso fazer a opção do saque, como informado anteriormente.

Vale ressaltar que quando é feita a mudança, o trabalhador não receberá a rescisão do FGTS ao ser demitido. Apenas a multa rescisória continua valendo nesses casos.

Entretanto, é possível voltar ao saque-rescisão após dois anos, ou 24 meses, da mudança. Portanto, a migração para o saque-aniversário surtirá efeito até no 1º dia do 25º mês da solicitação.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário