scorecardresearch ghost pixel



Capital brasileira poderá liberar uso de máscara na próxima semana

Desobrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos foi anunciada desde o final de outubro. Agora ideia é ampliar a medida para espaços fechados.



O Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19, conhecido como Comitê Científico da prefeitura do Rio de Janeiro, estuda a liberação da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção em locais fechados. A avaliação surge em razão da melhora no cenário epidemiológico da doença na capital.

Leia mais: PIS/Pasep 2022 terá 10 pagamentos de até R$ 1.212 em março; Confira as datas

Desde o final de outubro, o uso de máscaras em espaços abertos deixou de ser obrigatório na cidade do Rio de Janeiro. Também foram suspensas, no final de novembro, medidas que restringiam o limite de ocupação de ambientes. Até então, desde a descoberta da variante Ômicron, nenhuma das regras foram revistas.



Veja o que explica o secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz:

“Com um panorama epidemiológico mais favorável, nada mais correto do que a gente acompanhar esses dados com alteração das medidas. Claro que se em algum momento a gente ver aumento nos casos, nas internações, a gente pode voltar com alguma medida restritiva. Mas não é o que parece. Com uma alta cobertura vacinal, a gente está vendo outros países também retirando essas medidas restritivas, aqui no Rio de Janeiro não seria diferente.”



Dose de reforço ampliada

Além de tratar da desobrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados, também há previsão de que seja definido um parâmetro de cobertura da dose de reforço da vacina contra o coronavírus, permitindo que o passaporte vacinal deixe de ser exigido.

Atualmente, a cobertura da população adulta na capital carioca é de 99,1% com as duas doses e de 53% com a dose de reforço. A ideia é que o percentual chegue a 70% e 80% da população adulta com a terceira dose. Além disso, a nova fase de aplicações em massa ajudará a diminuir as chances de reintrodução de novas variantes do vírus.

A reunião do Comitê para tratar da liberação do uso de máscaras foi antecipada do dia 14 de março para a próxima segunda-feira, 7.




Voltar ao topo

Deixe um comentário