scorecardresearch ghost pixel



Permissões que podem ser perigosas e você nem sabia disso

Qualquer aplicativo precisa de algumas autorizações para desempenhar sua funcionalidade, no entanto, algumas permissões podem ser perigosas para os usuários.



As permissões dos aplicativos costumam gerar certo receio na hora de aceitá-las. Afinal, existem algumas que nada têm a ver com o propósito do app que o usuário acabou de baixar no celular. É comum encontrar solicitações para acessar câmera, arquivos e localização, porém, existem algumas permissões que de fato podem ser perigosas.

Veja também: Novo recurso do WhatsApp para pausar gravação de áudio pode estar chegando em breve

Primeiramente, saiba que existem permissões que são necessárias para que o aplicativo possa funcionar. Por exemplo, se o programa tem como objetivo criar ou editar fotos, ele precisa de autorização para acessar a câmera e a galeria. Entretanto, algumas dessas autorizações estão relacionadas à venda e publicidades, isso quando não são ilícitas.



Conheça as permissões que podem ser perigosas para os usuários

Para ajudar você a se proteger de possíveis enrascadas digitais, separamos algumas permissões que merecem sua desconfiança. Trata-se de permissões que podem ser perigosas e colocar sua privacidade e seus dados em risco, ou seja, é preciso ter cuidado ao aceitá-las.

1 – Permitir acesso ao sensor de movimentos

Existe um dispositivo dentro dos celulares que se chama acelerômetro, sendo que sua função é calcular medições de deslocamento. Em outras palavras, é ele quem diz a velocidade em que o motorista trafega por meio de um aplicativo GPS, por exemplo.

No entanto, existem dados suficientes que levaram especialistas a dizer que esse recurso pode “ouvir” ligações e interações de voz. Isso ocorre por meio de assistente virtual instalado no aparelho.

O que ocorre é que o acelerômetro consegue captar as vibrações dos áudios no aparelho e transformá-las em mensagens.  Então, tenha cuidado ao conceder a permissão para aplicativos que nada têm a ver com o deslocamento.



2 – Autorização de voz/microfone

Todo mundo já pensou em como uma publicidade por ser tão certeira em saber suas preferências, às vezes parece até que tem alguém de escutando. Na verdade, existe sim algo que escuta o que você fala. O celular pode captar áudios tanto da fala quanto do ambiente. Ao autorizar um app a acessar o microfone, os dados desse áudio podem ser oferecidos para empresas de marketing.

3 – Localização

Lembre-se que apenas aplicativos de transporte, GPS ou que precisam de dados de localização devem pedir esse tipo de permissão. Não existe porque um app de lanterna ou joguinho passa tempo, por exemplo, pedirem esse tipo de informação.



4 – Permissão para SMS

Cuidado ao aceitar acesso ao SMS. Embora existam apps que podem ler códigos para automatizar processos de identificação, existem alguns programas maliciosos. Eles podem até enviar mensagens para seus contatos.

5 – Acesso aos contatos

Infelizmente está em alta a modalidade de golpes que atinge os contatos da vítima. Por isso, se o aplicativo não for de chamadas ou mensagens, pense duas vezes antes de permitir acesso à sua lista de contatos. Esse tipo de permissão pode ser perigoso. 




Voltar ao topo

Deixe um comentário