scorecardresearch ghost pixel



Aposentadoria por invalidez pode aumentar 25% do benefício

Confira um benefício que poucas pessoas conhecem, mas que é garantido em alguns casos de aposentadoria por invalidez. Beneficiário pode receber 25% a mais todos os meses.



Os contribuintes brasileiros que estão aposentados por invalidez podem ter direito a um acréscimo e nem fazem ideia disso. A aposentadoria por invalidez é aquela que garante o recebimento da previdência por conta da impossibilidade de trabalhar. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode pagar 25% a mais em casos de aposentadoria por invalidez.

Veja também: 6 formas comprovadas de economizar na conta do mercado todo mês

Aposentadoria por invalidez: beneficiários podem receber 25% a mais

Este é um dos benefícios que pouca gente conhece, mas que está presente na lei. As condições que permitem ter o benefício da aposentadoria por invalidez acrescido de 25% são:

  • Cegueira total;
  • Perda de nove ou mais dedos das mãos;
  • Paralisia dos dois braços ou pernas;
  • Perda das pernas, quando a prótese for impossível;
  • Perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível;
  • Perda de um braço e uma perna, quando a prótese for impossível;
  • Alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social, ou seja, -dificuldade em organizar o pensamento, o raciocínio e a tomada de decisões para fazer as atividades de vida diária e sociais sozinho;
  • Doença que o deixou acamada;
  • Incapacidade permanente para as atividades da vida diária.

O que é a aposentadoria por invalidez?

Primeiramente, entenda que a aposentadoria por invalidez ocorre quando o cidadão fica incapacitado de exercer atividade laboral permanentemente. Além de incapaz de trabalhar, a condição de saúde deve impedir a reabilitação para outra atividade.



 

Esse tipo de aposentadoria é o único capaz de ser alcançado sem a obrigatoriedade de carência. A aposentadoria por invalidez ou, como é chamada atualmente, aposentadoria por incapacidade permanente ocorre em alguns casos.

Em todas as circunstâncias, o trabalhador sofreu um acidente no cotidiano ou foi acometido por doença grave. Neste caso, para ter direito ao benefício, é necessário ao cidadão cumprir alguns requisitos; são eles:

Confira os critérios para conseguir se aposentar por incapacidade ou invalidez

  • Possuir no mínimo 12 contribuições recolhidas ao INSS (um ano de contribuição);
  • Estar na condição de qualidade de segurado ao adquirir a condição de incapacidade;
  • Ter atestado/laudo feito pelo médico perito sobre a condição de incapacidade permanente para o trabalho, sem a possibilidade de reabilitação.




Voltar ao topo

Deixe um comentário