scorecardresearch ghost pixel



Cartão Recomeçar: R$ 3 mil é liberado às famílias atingidas por desastres

O governo do Rio de Janeiro criou o Cartão Recomeçar. Uma parcela única de R$ 3 mil será liberada como auxílio às famílias atingidas por desastres naturais.



O governo do Rio de Janeiro criou o auxílio de R$ 3 mil para as famílias de baixa renda vítimas de desastres naturais. É o Cartão Recomeçar. O dinheiro deverá ser usado na compra de materiais de construção e eletrodomésticos para amenizar as perdas sofridas no Estado.

Leia mais: Atenção, MEI: BNDES libera cartão exclusivo e empréstimo de até R$ 20 mil

O benefício vale para as famílias com renda por pessoa de até meio salário mínimo, ou renda familiar de até 3 salários. Outro requisito é a inscrição no Cadastro Único (CadÚnico).



Cartão Recomeçar

O Cartão Recomeçar só será liberado para as famílias que morem em cidades onde houve o reconhecimento do desastre natural por parte da Defesa Civil.

Pode participar do programa quem foi vítima de enchentes, deslizamentos, desabamentos ou incêndios. Para organizar a destinação do recurso, os municípios ficarão responsáveis pelo cadastramento das famílias.
Apesar disso, o pagamento será feito por meio do governo do Rio de Janeiro.

O pagamento do Cartão Recomeçar será em parcela única, com recursos do Fundo Estadual de Habitação de Interesse Social. “O Cartão Recomeçar simboliza um alento para as vítimas. O compromisso desta gestão é de auxiliar quem mais precisa”, disse o governador do Rio, Cláudio Castro (PL).



A previsão é que mais de 20 mil famílias sejam atendidas com o benefício de R$ 3 mil. São moradores de cidades como Petrópolis, Nova Iguaçu, Mesquita, Magé e Belford Roxo.

Algumas regras do cartão ainda não foram divulgadas. A princípio, a informação da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos é de que o cartão será emitido pelo Banco do Brasil.

Além disso, a compra dos itens liberados pelo benefício será em lojas específicas. Outro detalhe é que o cartão será habilitado somente depois de 72 horas da entrega.




Voltar ao topo

Deixe um comentário