scorecardresearch ghost pixel



FGTS libera saque calamidade de até R$ 6.200 a novo grupo; Veja quem são os beneficiados

Cidadãos elegíveis podem solicitar os recursos de forma totalmente digital, por meio do aplicativo FGTS.



Foi aprovada a liberação do saque calamidade do FGTS para um novo grupo de beneficiários. Desta vez, poderão movimentar os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) os cidadãos da cidade de Nova Iguaçu (RJ), que foram afetados pelas fortes chuvas desde o começo de abril.

Leia mais: 2 saques FGTS para esta semana: Veja as datas e quem recebe

O alto nível pluviométrico na região fez com que o Rio Botas, que liga os municípios de Nova Iguaçu e Belford Roxo, inundasse e causasse prejuízos à população. Ao todo, foram contabilizados mais 5,3 mil desabrigados, sendo 5 mil em Nova Iguaçu e 300 em Belford Roxo.



De acordo com especialistas, muitos trabalhadores acabaram perdendo praticamente todos os seus pertences por conta de temporais impulsionados por “eventos extremos” de mudanças climáticas.

E essa força pode ser vista nos números: choveu o dobro do volume esperado para todo o mês de abril em apenas quatro horas. O índice pluviométrico atingiu 166 mm. Por conta disso, houve a decisão de liberar o saque emergencial do FGTS para a população afetada.

Saque calamidade do FGTS: Quando ele é permitido?

Regulamentado pelo governo federal, com pagamento sob responsabilidade da Caixa Econômica Federal, o saque calamidade é previsto em Lei e pode ser concedido nas seguintes situações envolvendo desastres naturais:

  • Enchentes ou inundações graduais;
  • Enxurradas ou inundações bruscas;
  • Alagamentos;
  • Inundações litorâneas provocadas pela brusca invasão do mar;
  • Rompimento ou colapso de barragens;
  • Vendavais ou tempestades;
  • Vendavais muito intensos ou ciclones extratropicais;
  • Vendavais extremamente intensos, furacões, tufões ou ciclones tropicais;
  • Tornados e trombas d’água;
  • Precipitações de granizos.


Quem pode sacar o FGTS de calamidade?

Para ter acesso aos recursos, o cidadão precisa ter saldo positivo em contas vinculadas ao FGTS, sejam elas ativas (emprego atual) ou inativas (empregos antigos).

O limite máximo de retirada é de até R$ 6,2 mil. Além disso, para ter o dinheiro liberado, o titular não poder ter feito saque pela mesma razão em contas do fundo nos últimos 12 meses.

Como solicitar o saque calamidade do FGTS pelo celular

Veja a seguir o passo a passo para requerer o pedido de saque do benefício:

  • Faça o download do aplicativo FGTS;
  • Em seguida, insira as informações de cadastro;
  • Depois de feito o login, vá na opção “Meus saques” e selecione “Outras situações de saque – Calamidade pública”. Informe a cidade;
  • Na sequência, encaminhe os seguintes documentos: foto de documento de identidade e comprovante de residência em nome do trabalhador emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade;
  • Selecione a opção para creditar o valor em conta Caixa, inclusive a Poupança Digital Caixa Tem. Também é possível definir outro banco de interesse antes de enviar a solicitação;
  • Pronto! O prazo para retorno da análise do crédito em conta é de até cinco dias úteis.

Importante: o morador de Nova Iguaçu que não tiver um endereço cadastrado na Caixa, ou não possuir um comprovante de residência em sua titularidade, deve procurar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) ou Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) para se regularizar e assim ter acesso ao saque calamidade do FGTS.




Voltar ao topo

Deixe um comentário