scorecardresearch ghost pixel



Quando devo levar meu pet ao veterinário? Confira as dicas

Confira as dicas e entenda quando é necessário levar o seu animal de estimação para uma consulta ou atendimento no veterinário. A frequência adequada é importante para o pet.



Todas as pessoas já vivenciaram alguns episódios de gripes e resfriados ao longo de suas vidas. Outras doenças e condições de saúde menos ou mais graves também podem acometer os pacientes com certa facilidade. O mesmo se aplica aos animais de estimação. Por isso, é importante fazer algumas visitas ao veterinário para garantir a saúde do seu pet.

Veja também: Elimine o cheiro da urina do cachorro rapidamente

Qual é a frequência correta para levar o pet ao veterinário?

De modo geral, a maioria dos tutores de cães e gatos só entra em uma clínica veterinária quando é extremamente necessário. Ou seja, os animais de estimação recebem atendimento quando fraturam um osso, rompem um ligamento ou mudam o comportamento inesperadamente. No entanto, especialistas no assunto alertam para a importância das visitas ao veterinário.



O ideal é levar seu animal doméstico para ser avaliado por um veterinário, pelo menos, duas vezes ao ano. Inclusive, você pode aproveitar a aplicação das vacinas sazonais para fazer as consultas e exames de rotina. Afinal, todos querem que seus bichinhos permaneçam saudáveis e felizes pelo resto da vida.

Consultas no veterinário para cada fase da vida

Como mencionado, a frequência ideal para levar o pet ao veterinário é de 2 vezes ao ano, pelo menos. Porém, isso vale para os cães e gatos adultos e saudáveis. Animais mais jovens ou filhotes precisam ser avaliados com um pouco mais de cautela,

Para os filhotes, o mais indicado é que exista uma avaliação a cada mês. Para bichinhos com mais de 7 anos de vida, as consultas devem ser realizadas a cada 6 meses. O veterinário irá avaliar o estado geral de saúde e analisar a necessidade de aplicação de vacinas ou de outros procedimentos.

Um especialista em medicina veterinária pode indicar a melhor ração ou comida para cada animal. Além disso, ele será capaz de sugerir hábitos que vão favorecer a longevidade do pet.




Voltar ao topo

Deixe um comentário