scorecardresearch ghost pixel



Bater nos eletrônicos para fazer funcionar resolve? Descubra se o velho truque funciona

Muitas pessoas decidem bater nos aparelhos eletrônicos para que eles voltem a funcionar. No entanto, essa prática não deve ser levada em conta como viável para uma possível solução.



Qual é a sua reação quando o computador, celular, TV ou algum eletroeletrônico apresenta defeito? Ainda existem pessoas que costumam bater nos aparelhos quando ele trava. O procedimento não é recomendado, por motivos óbvios, porém muitos percebem que o dispositivo “ressuscita” ao fazer isso.

Veja também: 4 ferramentas úteis do Google Tradutor que você deve conhecer e usar

Bater nos aparelhos eletrônicos é eficiente?

Se pensarmos nos termos técnicos, a ação de bater nos aparelhos seria um método da manutenção percussiva. Isso significa que o impacto leve seria capaz de fazer algum mau contato se ajustar ou colocar alguma peça no lugar correto. No entanto, as novas tecnologias são cada vez mais imunes ao procedimento.



Mesmo quando bater no aparelho demonstra algum tipo de solução, ela não é permanente. Especialistas apontam que se algo está fora do lugar, certamente não será o impacto que recuperará a peça completamente. Ela até pode voltar a funcionar, mas por um tempo curto.

Cuidado com os danos!

No geral, esse tipo de atitude oferece mais riscos do que pontos positivos. Os celulares, televisores e outros equipamentos estão cada vez mais sensíveis. Isso decorre do fato de que as peças têm tamanhos reduzidos e compactados. Sendo assim, qualquer choque físico pode ser capaz de quebrar ou deslocar outros componentes que estavam em perfeito estado de funcionamento.

Caso o equipamento seja composto de pilha para sua alimentação, o mais indicado é retirar e colocar os objetos novamente. Faça isso de modo manual e evite solavancos ou mesmo bater nos aparelhos para que eles funcionem.



Como era de se esperar, o melhor conselho aqui é enviar o seu aparelho para uma manutenção técnica especializada. Assim, um profissional poderá fazer a inspeção cuidadosa e identificar os motivos pelos quais o objeto está apresentando falhas. A resolução deve ser feita por meio de ferramentas específicas e criadas para determinados fins.

O prejuízo ao bater nos equipamentos pode superar qualquer tipo de ganho aparente que seja reproduzido dessa maneira.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário