scorecardresearch ghost pixel



É crime avisar sobre local de blitz em grupos de WhatsApp?

Entenda o que aconteceu em Minas Gerais, onde uma mulher foi presa após divulgar local de blitz em grupos de mensagem na internet. Confira o que você deve fazer em um caso similar.



Você participa de algum grupo do seu bairro ou da cidade em que as pessoas costumam avisar onde estão blitz e bloqueios policiais? Saiba que essa prática pode ser considerada crime e envolve riscos de várias formas. Uma mulher de 25 anos foi presa em flagrante depois de passar informações sobre onde estava uma blitz em grupos de mensagem na internet.

Veja também: Posso tirar o celular da tomada antes de carregar 100%?

No caso relatado acima, a mulher não foi liberada pela Polícia Civil. Ao contrário, ela acabou encaminhada para o sistema prisional de Minas Gerais, já que o caso aconteceu na cidade mineira de Poços de Caldas.

Avisar sobre blitz em grupos de WhatsApp é crime?

Não existe uma lei que exponha o tema claramente, mas sim, o ato pode ser considerado um crime. Especialistas que foram ouvidos pelo site de notícias Uol comentaram o assunto e afirmaram a mesma coisa.



A mulher de 25 anos foi autuada pelo seguinte motivo: “atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública”. A Polícia Civil ainda irá investigar o caso a fundo para apurar o indiciamento da transgressora.

Por que é errado avisar sobre blitz em grupos de mensagens ou em redes sociais?

O que ocorre é que o trabalho policial precisa de sigilo, uma vez que a intenção é fiscalizar e punir pessoas que agem fora da lei. Ainda que uma blitz possa acabar pegano cidadãos honestos em situações irregulares, o serviço serve para manter a ordem na sociedade.

Por isso, divulgar informações sobre onde está uma blitz em grupos de WhatsApp, Telegram ou outros pode ser considerado crime. No entanto, advogados e especialistas afirmam que não é possível aplicar prisão a uma pessoa que cometa essa atitude. O motivo seria a ausência de dolo (intenção) ou de prejuízo concreto para a circunstância apontada.

Ainda assim, a precaução é para não avisar sobre ocorrência de bloqueios ou blitz em grupos na internet. Essa é a melhor maneira de se manter longe de uma delegacia por um descuido.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário