scorecardresearch ghost pixel



É isso que acontece em nosso organismo quando deixamos de beber cerveja

Estes são os efeitos que você vai perceber em seu corpo quando parar de beber cerveja em excesso e em determinados horários.



Nos dias atuais, encontrar alguém que não goste de cerveja é quase uma raridade. A bebida faz parte da história de diversas culturas. Acredita-se que tenha se originado por povos antigos da Ásia, por volta de 6000 a.c.

Veja também: Quais os alimentos permitidos e os que devem ser evitados por quem tem diabetes

No Brasil, foi trazida pelos holandeses, em 1654. Mas somente em 1808, quando a Família Real portuguesa se mudou para solo brasileiro, é que a bebida se popularizou. A primeira fábrica de bebida fundada no Brasil ocorreu em 1853, pelo alemão Kremer, que fundou a Bohemia, após isso, foram criadas as Brahma em 1888 e depois a Antarctica em 1889.

Durante toda a história o mercado de cerveja passou por várias crises, novas marcas foram surgindo até chegar ao cenário que vivemos, com diversas grandes empresas e pequenos produtores.



Existem diversas marcas de cerveja que atendem aos mais variados gostos. Existem estudos que sugerem que a bebida produz bons efeitos ao organismo.

Contudo, a verdade é que essa paixão nacional tem lá suas desvantagens, e por possuir álcool e devido ao seu consumo ter se tornado cada vez mais frequente nas mesas de bares e, também nos lares brasileiros, isso pode aumentar os riscos de problemas de saúde, de dependência química, cirrose e dificuldades cognitivas, além de baixa na expectativa de vida.

Se você é um amante da cerveja e acredita que está exagerando na dose, vai gostar de saber o que acontece no corpo quando se para de beber cerveja.

É isso que acontece em nosso organismo quando deixamos de beber cerveja

O excesso da bebida acaba sendo prejudicial devido às suas concentrações de carboidratos e do álcool, que é uma substância que altera as funções cognitivas. Veja outras melhorias no organismo quando se freia o consumo.



Melhora na qualidade de sono

O álcool não é uma substância apropriada para ser consumida antes de dormir. Frank Lipman, diretor médico do The Well, alerta que beber apenas dois drinques, pouco antes de dormir, pode causar um distúrbio do sono com duração longa de até 24 horas. Como a cerveja é uma bebida que as pessoas costumam beber bem mais que os drinques, seus efeitos, certamente serão bem mais fortes.

Desintoxicação do fígado

Quando se bebe muito álcool acontece naturalmente uma sobrecarga na função hepática, se houver uma queda no consumo vai permitir que órgão execute melhor suas funções, como metabolizar gorduras e eliminar toxinas.

Barriga menos inchada

A bebida é rica em carboidratos e compostos fermentados que fazem com que o estômago fique mais inchado, sem mencionar o ganho de peso com o consumo da bebida e o aumento de apetite que o álcool provoca. Quando há uma pausa no consumo, isso vai gerar um alívio para as atividades gastrointestinais, é possível notar a barriga desinchar e outras melhorias relacionadas a diminuição do processo inflamatório no organismo.

Então, você não precisa deixar de beber sua cerveja, mas deve ter muita atenção aos horários e às quantidades ingeridas. Beber deve ser sempre feito com moderação, não esqueça!




Voltar ao topo

Deixe um comentário