scorecardresearch ghost pixel



Investiu o FGTS na Eletrobras? Confira quais são os próximos passos

Trabalhador com saldo disponível no FGTS pôde utilizar até 50% dos recursos para adquirir ações da Eletrobras.



O investidor que utilizou o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para aplicar em ações da Eletrobras será informado nesta segunda-feira, 13, sobre o valor efetivamente investido no fundo mútuo de privatização. A informação será divulgada até as 16h.

Leia mais: Reservou ações da Eletrobras com o FGTS? Governo pode ‘cancelar’ parte do pedido

O trabalhador pôde reservar os papeis da empresa utilizando até 50% do saldo de suas contas do FGTS. Para esse tipo de aplicação, foram destinados R$ 6 bilhões em recursos do fundo, mas o mercado estima que a demanda dos trabalhadores ficou na casa dos R$ 9 bilhões.

De acordo com as informações que constam no prospecto definitivo da oferta pública de ações, será realizado um rateio proporcional entre os participantes caso o montante ultrapasse aquele que foi destinado. Se a demanda mencionada for confirmada, cada participante terá investido 66,79% do seu pedido.



Isso significa que quem reservou R$ 10 mil para adquirir ações da Eletrobras, por exemplo, poderá aplicar R$ 6.679 de fato.

E que não usou o FGTS?

O investidor que aplicou seu dinheiro diretamente nos papeis da companhia, sem usar o FGTS, terá o valor reservado integralmente aplicado. Essa informação também consta no prospecto definitivo da operação.

Segundo comunicado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) veiculado na última sexta, 10, a venda das ações movimentou R$ 29,29 bilhões. Considerando o lote suplementar, que ainda não foi disponibilizado, o mercado estima um valor movimentado de R$ 33,68 bilhões.

Próximos passos

Conforme mencionado, os trabalhadores que usaram o FGTS na oferta serão informados pela instituição escolhida sobre o valor efetivamente aplicado até as 16h de hoje. O pagamento das cotas dos fundos mútuos de privatização será feito até 10h de amanhã, 14.

As ações ou cotas adquiridas serão recebidas pelo investidor também na terça-feira, data da liquidação.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o dinheiro que foi utilizado para a reserva, mas não foi aplicado, será desbloqueado da conta do FGTS. Segundo um técnico com conhecimento na gestão do FGTS, o recurso nunca saiu da conta vinculada ao trabalhador.

Negociação e venda das ações adquiridas

A negociação dos ADRs (American Depositary Receipts) na Bolsa de Nova York (EUA) começa na sexta-feira e vai até até 11 de julho. Na B3, bolsa de valores do Brasil, as ações ordinárias ELET3 passam a ser vendidas hoje, a R$ 42.



O investidor que aplicou ou FGTD em papeis da Eletrobras poderá vendê-los após 12 meses, exceto se precisar do recurso para compra da casa própria, for demitido sem justa causa ou se enquadrar em outra modalidade de saque do fundo de garantia. Mesmo nesses casos, será possível manter o investimento.

“Caso o trabalhador venha a ter direito ao resgate do saldo do FGTS por qualquer uma das hipóteses de saque, fica ao critério do próprio trabalhador a decisão de resgatar o valor aplicado em FMP-FGTS”, explica a Caixa.

Consulta ao valor investido

Para verificar o valor que será investido em ações da Eletrobras, basta acessar o aplicativo FGTS, e acessar a opção “Ver Extrato”. O valor a ser retirado é exibido com o título “Saque Depósito FMP”, com a data de 14 de junho.

Em caso de dúvidas, a Caixa oferece atendimento pelos telefones 4004-0104 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 104 0104 (demais regiões).




Voltar ao topo

Deixe um comentário