scorecardresearch ghost pixel



PIS/Pasep de R$ 1.212 liberado hoje; veja como sacar fora do calendário

Trabalhadores podem consultar se possuem direito ao PIS/Pasep esquecido por meio do aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou telefone 158.



Os trabalhadores brasileiros que deixaram passar o saque do PIS/Pasep deste ano ainda têm a chance de resgatar quantias entre R$ 101 e R$ 1.212. O público de beneficiários é de quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano-base 2020.

Leia mais: Saque triplo do PIS/Pasep em junho chega a R$ 3.000; confira as modalidades

Segundo dados do Ministério do Trabalho e Previdência, cerca de 481.765 trabalhadores ainda não foram resgatar o abono salarial PIS/Pasep referente ao ano-base 2020. Atualmente, montante esquecido gira em torno de R$ 400 milhões.



Quem tem direito ao abono esquecido?

Podem solicitar o acesso ao abono salarial esquecido os trabalhadores que:

  • Receberam, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada no ano-base ao da apuração;
  • Exerceram atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias também no ano de apuração;
  • Tenham inscrição de pelo menos 5 anos no PIS/Pasep;
  • Estão com os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou eSocial.

Qual o valor do abono salarial?

Para saber o quanto vai receber, basta o trabalhador contar a quantidade de meses exercidos com carteira assinada:

  • 1 mês trabalhado – R$ 101;
  • 2 meses trabalhados – R$ 202;
  • 3 meses trabalhados – R$ 303;
  • 4 meses trabalhados – R$ 404;
  • 5 meses trabalhados – R$ 505;
  • 6 meses trabalhados – R$ 606;
  • 7 meses trabalhados – R$ 707;
  • 8 meses trabalhados – R$ 808;
  • 9 meses trabalhados – R$ 909;
  • 10 meses trabalhados – R$ 1.010;
  • 11 meses trabalhados – R$ 1.111;
  • 12 meses trabalhados – R$ 1.212.


Como ter acesso ao abono salarial de até R$ 1.212

Os trabalhadores podem consultar se possuem direito ao PIS/Pasep esquecido por meio do aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou telefone 158. Aqueles que já utilizam a plataforma devem atualizá-la para melhor operacionalização.

Em relação ao saque, o PIS é destinado aos trabalhadores de empresas privadas, sendo pago na Caixa Econômica Federal. Já o Pasep é pago para servidores públicos, sob responsabilidade do Banco do Brasil.




Voltar ao topo

Deixe um comentário