scorecardresearch ghost pixel



Regras do Casa Verde e Amarela mudaram; saiba o que mudou e como ter acesso

Confira os detalhes sobre as novas regras do programa do governo e veja no que elas podem implicar para o processo.



O programa de financiamento habitacional conhecido popularmente como Casa Verde e Amarela é uma criação do Governo Federal que vem ajudando as pessoas a terem acesso à moradia, facilitando o processo principalmente por causa das taxas especiais que são cobradas.

Veja também: Novas regras do Casa Verde e Amarela entram em vigor; Veja o que mudou

A ideia do programa é de contemplar brasileiros que tenham um baixo poder aquisitivo, mas que mesmo assim podem ter acesso a uma casa própria, algo que tende a ser o grande sonho de uma boa parte dos brasileiros.

O programa pode ainda ajudar pessoas a comprarem os seus terrenos ou até mesmo reformar um imóvel que elas já têm. As regras para conseguir ser contemplado por esse benefício não são tantas, mas é necessário passar por uma averiguação. Esse exame consiste em uma checagem da renda da pessoa que se aplicou, especialmente agora que os subsídios podem chegar a até 21,4%.



Como a ideia do programa é beneficiar as pessoas mais necessitadas, existem outras regras diretas ainda sobre a renda familiar. Quanto menos a família tem de renda, menos juros elas vão ter de pagar. Sendo assim, existem – no momento – três grupos dentro do programa:

  • Grupo 1 – Famílias que tenham uma renda total de até R$ 2.400 ao mês;
  • Grupo 2 – Famílias que entoam uma renda de no mínimo R$ 2.401 até R$ 4 mil;
  • Grupo 3 – Famílias que tenham uma renda de no mínimo R$ 4 mil até R$ 7 mil.

Ainda há outras taxas de juros que são mais baixas e vão depender de onde a família vive. Pessoas das regiões Nordeste e Norte têm acesso a esses juros mais baixos. E mais do que isso: elas podem ter acesso a empréstimos para realizar reformas e mudanças nas casas onde já vivem. Os valores disponíveis podem chegar a até R$ 50 mil, mas isso desde que a família tenha algum membro que seja PcD, isto é, tenha alguma deficiência.

A boa notícia é que o projeto agora tem ainda mais subsídios, algo que foi informado pelo Ministério do Desenvolvido Regional, quando notificou que o projeto vai entregar um número maior de moradias.



Segundo eles, o subsídio começa em 12,5% e vai até os 21,4%. Além disso, o período de carência dos pagamentos vai aumentar também. Isso quer dizer que irá de 30 para 35 anos, levando em consideração a região da casa ou do terreno, a renda da família e o número de habitantes que vivem no município.

Para quem se interessar, o programa pode ser acessado através da Caixa Econômica Federal. Ele pode, inclusive, ajudar no aluguel, uma vez que uma das modalidades dentro do Casa Verde e Amarela é a locação social.

A ideia é ajudar as pessoas que precisam pagar aluguel. Esse valor, segundo o Ministério, acaba deixando cerca de 30% da renda familiar comprometida.




Voltar ao topo

Deixe um comentário