scorecardresearch ghost pixel



Novas regras do Casa Verde e Amarela entram em vigor; Veja o que mudou

Intuito é garantir que pessoas com baixo poder aquisitivo consigam comprar uma casa própria mediante condições facilitadas.



Para expandir cada vez mais o acesso ao projeto Casa Verde e Amarela, o governo federal estabeleceu novas regras para o maior programa de habitação do país. O objetivo é fazer com que o número de atendidos cresça 30%.

Leia mais: Novidades sobre o abono extra: O que falta para a aprovação do 14º salário INSS?

O Casa Verde e Amarela foi desenvolvido para substituir o Minha Casa, Minha Vida, outro projeto habitacional de caráter nacional. Em ambos os casos, o intuito é garantir que pessoas com baixo poder aquisitivo consigam comprar uma casa própria mediante condições facilitadas.



 

Para isso, são oferecidas taxas de juros mais baixas em comparação às praticadas no mercado, além de prazo maior para o financiamento dos imóveis – principalmente nas regiões Norte e Nordeste.

Saiba mais sobre as novas regras do Casa Verde Amarela e quem pode participar logo abaixo.

Novas regras do programa Casa Verde e Amarela

Para garantir a adesão de mais famílias, o governo informou que reduziu a taxa de juros do Casa Verde e Amarela. Além disso, também houve o aumento nos subsídios do programa, que receberá um investimento de R$ 8,5 bilhões por ano até 2024.

Os beneficiários do projeto foram divididos em grupos com base na renda. Observe:

  • Grupo 1: composto de famílias com renda total de até R$ 2.400;
  • Grupo 2: composto de famílias com renda total entre R$ 2.401 e R$ 4.000;
  • Grupo 3: composto de famílias com renda total entre R$ 4.001 e R$ 7.000.

Reformas de imóveis com valor de até R$ 50 mil também foram autorizadas. Podem solicitar o financiamento as famílias que possuam entre seus membros pessoas com deficiência (PcDs).



 

Crescimento do Casa Verde e Amarela

Com a redução dos juros e das faixas de renda, a expectativa é de que o número de inscritos no programa habitacional  cresça 30%. A previsão é de que até o fim de 2022, mais de 1,35 milhão de novos imóveis tenham sido financiados por brasileiros.

A Caixa Econômica Federal é a instituição encarregada dos recursos do programa. Portanto, para saber mais sobre os repasses, e não deixar passar essa oportunidade, basta acessar o site do banco .




Voltar ao topo

Deixe um comentário