scorecardresearch ghost pixel



5 novos benefícios APROVADOS pelo governo; veja se você recebe algum deles

Fique por dentro dos novos benefícios do governo que vão ajudar milhões de brasileiros com valores de até R$ 1 mil.



O governo federal dará início em agosto aos benefícios incluídos na Proposta de Emenda à Constituição (PEC), ou PEC das Bondades, como foi chamada pela equipe da Economia. Além de mudanças em auxílios já existentes, também foram criados novos programas sociais.

Leia mais: AUXÍLIO BRASIL de R$ 1.200 em agosto? Saiba se o governo vai pagar retroativo

Dentre as novidades podemos citar o aumento no valor do Auxílio Brasil, que passará de R$ 400 para R$ 600, a ampliação do vale-gás nacional para 100% do valor médio do botijão de gás de 13 kg, bem como a implementação do auxílio para caminhoneiros e do benefício para taxistas. Veja a seguir mais informações sobre eles!

5 novos benefícios do governo federal que começarão em agosto

Milhões de brasileiros aguardam com ansiedade a liberação dos novos benefícios previstos na PEC das Bondades. Com duração de apenas 5 meses, as medidas vão começar em agosto e seguirão até dezembro de 2022.



Confira:

1. BEm-Caminhoneiro

O Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga (BEm Caminhoneiro) prevê beneficiar 900 mil caminhoneiros autônomos com repasses no valor de R$ 1 mil a partir do dia 9 de agosto. Como não foi possível iniciar os depósitos do benefício em julho, o governo pretende pagar duas parcelas no próximos mês, totalizando R$ 2 mil.

2. Benefício para taxistas

O Auxílio para Taxistas também foi confirmado pela PEC. Trabalhadores da categoria vão receber parcelas mensais que podem chegar a R$ 1 mil. O valor ainda precisa ser confirmado. O montante destinado ao projeto é de R$ 2 bilhões. Prefeituras dos munícipios já começaram a enviar os dados dos motoristas ao banco de dados do governo.

3. Auxílio Brasil

Cerca de 18 milhões de cidadãos recebem atualmente o Auxílio Brasil, que passará de R$ 400 para R$ 600 a partir do mês que vem. O programa substituto do Bolsa Família também teve o calendário antecipado em agosto (confira aqui). O montante total a ser gasto com a ampliação é de R$ 26 bilhões.



4. Vale-gás nacional

O governo também incluiu na PEC o aumento do vale-gás nacional, criado para ajudar famílias carentes na compra do gás de cozinha. O benefício terá um aumento, passando a valer 100% do preço médio do botijão de 13 kg vendido no país – até então, o repasse era de 50%. No mês de junho, o depósito foi de R$ 53, agora, a previsão é que ele gire em torno de R$ 120.

5. Alimenta Brasil

A medida prevê destinar R$ 500 milhões para a compra de alimentos produzidos por agricultores familiares. Em seguida, os produtos adquiridos serão distribuídos às famílias que passam por dificuldade alimentar.




Voltar ao topo

Deixe um comentário