scorecardresearch ghost pixel



Calendário do Auxílio Brasil vai mudar em agosto? Governo dá resposta

Auxílio Brasil passa por reformulação total e sobe para R$ 600. Confira quando serão feitos os pagamentos do benefício no próximo mês.



Foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 25, o novo calendário do Auxílio Brasil de agosto. As datas de pagamento foram atualizadas para o pagamento do benefício no valor de R$ 600.  Além do acréscimo de R$ 200 no programa, houve também a ampliação do vale-gás, que agora passa a valer 100% do valor médio do botijão de gás. Ambos serão pagos em datas iguais.

Leia mais: Auxílio Brasil: ÚLTIMOS lotes do benefício serão liberados até SEXTA

No geral, o calendário foi antecipado em 9 dias, pois estava inicialmente programado para começar no dia 18 do mês que vem. Agora, os beneficiários terão acesso aos recursos da ajuda a partir do dia 9 de agosto. A ordem de repasse segue sendo com base no final do Número de Inscrição Social (NIS). Destaque que, em julho, o benefício ainda está no valor de R$ 400.



Calendário Auxílio Brasil de agosto – atualizado

Veja a seguir as novas datas de pagamento do benefício para este mês no valor de R$ 600. Junto com ele também são pagas as parcelas do vale-gás, neste caso, a cada dois meses:

Data de pagamento Quem recebe
9 de agosto Beneficiários com NIS de final 1
10 de agosto Beneficiários com NIS de final 2
11 de agosto Beneficiários com NIS de final 3
12 de agosto Beneficiários com NIS de final 4
15 de agosto Beneficiários com NIS de final 5
16 de agosto Beneficiários com NIS de final 6
17 de agosto Beneficiários com NIS de final 7
18 de agosto Beneficiários com NIS de final 8
19 de agosto Beneficiários com NIS de final 9
22 de agosto Beneficiários com NIS de final 0

Quem pode receber o benefício? É preciso se inscrever?

O valor de R$ 600 do Auxílio Brasil foi atualizado após aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que também cria o voucher para caminhoneiros  e o auxílio para taxistas. Não é preciso se inscrever para aumentar o valor mínimo de R$ 400 para R$ 600, pois a atualização será feita automaticamente.



Podem receber o Auxílio Brasil as famílias em situação de de pobreza com renda familiar per capita de R$ 100,01 a R$ 200, contanto que no grupo familiar existam crianças, adolescentes e jovens com até 21 anos incompletos ou gestantes. Também podem participar famílias em situação de extrema pobreza, cuja renda familiar per capita se limita a R$ 100.

Para entrar no programa é preciso que a família esteja inscrita no Cadastro Único (CadÚnico) e tenha atualizado os dados cadastrais de todos os membros nos últimos 2 anos. Vale destacar que o cadastramento no banco de dados do governo não garante a inclusão automática no programa. A adesão é feita gradualmente pelo Ministério da Cidadania.

A consulta ao novo valor do Auxílio Brasil estará disponível no aplicativo do programa ou por meio do app Caixa Tem.




Voltar ao topo

Deixe um comentário