scorecardresearch ghost pixel



Auxílio Brasil suspenso durante as eleições: verdade ou mentira?

Boato que circula nas redes sociais afirma que pagamentos do benefício serão suspensos durante o período eleitoral.



Beneficiários do Auxílio Brasil estão em busca de explicações sobre um boato que tem circulado e ganhado força nas redes socais. De acordo com a mensagem divulgada, os pagamentos do benefício serão suspensos durante as eleições deste ano, previstas para outubro.

Leia mais: Quando sai o vale-gás de R$ 120? Como vai funcionar o aumento?

O maior programa de transferência de renda substituiu o Bolsa Família no final do ano passado, e atualmente contempla cerca de 18 milhões de famílias. Um possível bloqueio nos repasses causaria um prejuízo sem precedentes para a população de baixa renda.

Verdade ou mentira?

De forma bastante direta, é falsa a informação de que o Auxílio Brasil será suspenso no período eleitoral. Não existe nenhuma base legal para essa suspensão, nem tampouco qualquer sinalização do governo em relação a uma intenção de fazer isso.



Pensando logicamente, essa seria uma péssima jogada para o atual presidente Jair Bolsonaro, que tenta a reeleição em 2022. Tudo indica que as medidas adotadas por ele vão pelo caminho contrário, já que a última proposta do Planalto é elevar o valor do benefício para R$ 600.

Auxílio Brasil de R$ 600

Atualmente, cada beneficiário do programa recebe uma parcela mínima de R$ 400 por mês. Contudo, um projeto aprovado pelo Senado Federal prevê o aumento do valor para R$ 600, o que pode acontecer a partir de agosto.

Se o chamado “pacote de bondades” for aprovado na Câmara dos Deputados, a medida terá validade até o fim deste ano. Segundo o senador Fernando Bezerra Coelho, relator o projeto, o impacto do aumento do Auxílio Brasil nos cofres públicos será de cerca de R$ 38 bilhões.




Voltar ao topo

Deixe um comentário