scorecardresearch ghost pixel



Confira se você tem direito ao mais novo saque de até R$ 1.800 em 2022

O novo benefício tem o propósito de ajudar àquelas pessoas afetadas pela tragédia que comoveu Pernambuco no mês de maio. Ele terá o valor de R$ 1.800, se somado com o vale-gás e o Auxílio Brasil.



Diante da situação econômica na qual o país se encontra nesse momento, podemos concluir que toda ajuda é bem-vinda, certo? Principalmente para aqueles que vivem com uma renda mínima, afinal de contas, o desemprego ainda é uma realidade, então muitas famílias estão vivendo com auxílios e outros valores que estão sendo liberados.

Veja também: Auxílio de R$ 1.800 para trabalhadores; conheça os requisitos para receber

Não é complicado chegar a essa conclusão, pois se coisas estão difíceis para a grande maioria, imagine quão mais duro está sendo para quem sobrevive com até menos de um salário mínimo por mês! É isso que muitos estão enfrentando.

Sendo assim, a boa notícia é que – para algumas pessoas – uma ajuda extra pode estar a caminho, pois o governo está debatendo sobre um novo auxílio que será voltado especificamente para a região Nordeste do nosso país.



A ideia é que esse benefício possa ser sacado ainda nesse ano. A intenção do governo é que ele seja somando ao Auxílio Brasil e ao vale-gás para oferecer um pouco mais de poder de compra para os beneficiários.

No entanto o novo Auxílio Emergencial, como vem sendo chamado, pode atender apenas um grupo bem específico. Nós estamos falando dos trabalhadores da cidade de Camaragibe, cidade do interior de Pernambuco.

Esse auxílio vem para tentar ajudar a cidade após uma grande tragédia ter ocorrido por lá: um incêndio que acabou atingindo o Mercado Municipal em maio desse ano e que fez com que centenas de pessoas perdessem o seu sustento.

Isso obviamente afetou a vida de todos ali e acabou impactando também a economia local. Para tentar lidar com a situação, a prefeitura da cidade investiu cerca de R$ 360 mil em recursos.

Sendo assim, os cidadãos que acabaram passando por essa situação terão direito ao auxílio mencionado. Segundo a própria prefeitura, o número de pessoas cadastradas para receber esse benefício já está na faixa de 200.

O valor em questão de R$ 1,8 mil será dividido entre três parcelas de R$ 600. A primeira já foi paga em junho, então as próximas remessas estão chegando em julho e agosto, respectivamente.

Apesar de o dinheiro estar sendo muito útil para essas famílias, é bem improvável que exista qualquer extensão do benefício para elas. De toda forma, a realidade é que mais  R$ 15 milhões foram direcionados para que o local fosse reestruturado.



A ideia é que o mercado volte a funcionar o mais rápido possível, já que ele teve mais de 170 lojas prejudicadas pelo incidente.

Para oferecer ainda mais ajuda aos moradores, a prefeitura também irá liberar um crédito financeiro especial para todas as pessoas que foram afetadas pelo incêndio. Esse crédito contará com taxas de juros mais vantajosas e um período para pagamento mais estendido.

A ideia é dar tempo para que os empreendedores locais se reestabeleçam e possam fazer com que o dinheiro volte a circular na cidade.




Voltar ao topo

Deixe um comentário