scorecardresearch ghost pixel



Dá tempo de receber o vale-gás em julho? Novo calendário divulgado

Recebem o benefício atualmente cerca de 5 milhões de famílias. Confira quem serão os brasileiros a receber a próxima rodada de pagamentos.



Com a aprovação da PEC das Bondades, o vale-gás nacional recebeu uma atualização no valor, fato que vai beneficiar milhões de famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade. Outra mudança foi no calendário de pagamento do auxílio, que foi antecipado no mês de agosto.

Leia mais: Novo empréstimo de R$ 1,5 mil para Auxílio Brasil é confirmado no Senado

Essa mudança no cronograma oficial de depósitos acabou gerando dúvida nos beneficiários. Afinal, o vale-gás ainda será pago em julho? Antes de tudo, é preciso entender que o benefício possui periodicidade bimestral, ou seja, com repasses a cada dois meses.

O último pagamento do vale-gás aconteceu em junho, no valor de R$ 53, portanto, o próximo repasse foi confirmado para o mês de agosto. Apesar de rumores apontarem uma possível chance de o benefício se tornar mensal, essa informação foi desmentida pelo governo.



Resumindo: não foram destinados repasses aos beneficiários do vale-gás para o mês de julho. Até o final do ano, o auxílio para a compra do gás de cozinha acontecerá em agosto, outubro e dezembro.

Calendário vale-gás de agosto

Os beneficiários do vale-gás vão receber a próxima rodada do benefício a partir do próximo dia 9 de agosto. Os grupos são divididos com base no final do Número de Identificação Social (NIS). Confira a seguir:

Nº 1 Nº 2 Nº 3 Nº 4 Nº 5 Nº 6 Nº 7 Nº 8 Nº 9 Nº 0
09/08 10/08 11/08 12/08 15/08 16/08 17/08 18/08 19/05 22/05

No geral, recebem atualmente o vale-gás cerca de 5 milhões de famílias. Para consultar a situação, os beneficiários podem acessar o aplicativo Caixa Tem ou ligar para o 121 da Ministério da Cidadania.

O valor do auxílio foi ampliado e será de 100% do preço médio cobrado pelo botijão de 13 kg vendido no Brasil – até então era de 50%.



Quem pode receber o vale-gás?

O vale-gás é repassado às famílias que atendem as seguintes condições:

  • Aquelas com renda mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo (R$ 606)
  • Aquelas que recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC); e
  • Aquelas com mulheres vítimas de violência doméstica sob monitoramento de medida protetiva.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário