scorecardresearch ghost pixel



Empréstimo Auxílio Brasil ganha prazo de lançamento; saiba qual é

Modalidade de crédito permite a contratação de recursos de forma facilitada, com pagamento das parcelas direto do benefício.



Beneficiários do Auxílio Brasil podem ter acesso a uma nova ferramenta de crédito. Trata-se do empréstimo consignado, modalidade disponível atualmente para aposentados e pensionistas do INSS e também para quem atua como servidor público.

Leia mais: AUXÍLIO BRASIL de R$ 1.200 em agosto? Saiba se o governo vai pagar retroativo

Segundo informações divulgadas pelo jornal O Estadão, a ideia do governo federal é autorizar o acesso ao empréstimo pelos assistidos do programa social entre os meses de agosto e outubro. Se isso acontecer, a implementação antecederá em apenas algumas semanas o pleito presidencial, marcado para início de outubro.



Empréstimo Auxílio Brasil

Como forma de impulsionar a economia do país, o governo federal, por meio da Medida Provisória nº 1.106, pretende aprovar em breve a liberação do empréstimo consignado do Auxílio Brasil. Por enquanto, ele ainda não está sendo oferecido.

A margem consignável é uma questão importante a ser mencionada, pois é ela que delimita o quanto cada beneficiário poderá utilizar da folha como garantia do pagamento do crédito. Para o empréstimo consignado o governo prevê ampliar o percentual de 35% para 40%.

O aumento de 5% deverá ser destinado para despesa com cartão de crédito enquanto o restante para uso em contratações de empréstimo pessoal.

Risco de endividamento

Apesar de parecer interessante a facilitação ao crédito para quem recebe o Auxílio Brasil, especialistas financeiros alertam para a prática, que pode gerar o endividamento das famílias. Como todo serviço financeiro, taxas de juros e de serviços devem ser acrescidas.

O fato é muitos acreditam que a liberação do crédito pode prejudicar o grupo de cidadãos vulneráveis, que utilizam o benefício para comprar itens básicos do mês. Com a contratação do empréstimo usando o benefício, uma parcela do dinheiro fica comprometida todos os meses para o pagamento da dívida, o que vai reduzir o valor do benefício para seu uso nas despesas.




Voltar ao topo

Deixe um comentário