scorecardresearch ghost pixel



ESTES são os brasileiros que vão receber R$ 2.000 a partir do dia 9 de agosto

Objetivo é repassar os pagamentos referentes aos meses de julho e agosto, em cota dupla. Veja as regras para ter acesso aos valores.



A recente Proposta de Emenda à Constituição (PEC) aprovada no Congresso Nacional vai beneficiar muitos brasileiros com a ampliação e criação de benefícios sociais. Dentre eles podemos destacar o grupo dos caminhoneiros autônomos, que terão acesso ao chamado PIX Caminhoneiro no valor de R$ 2 mil em agosto.

Leia mais: Auxílio Brasil: quem RECEBE a parcela de julho nesta TERÇA?

Isso porque o governo federal pretende pagar duas cotas do novo programa de R$ 1 mil no próximo mês. A confirmação foi feita pelo Ministério do Trabalho e Previdência no último dia 25 de julho. O objetivo é repassar os pagamentos referentes aos meses de julho e agosto.



Quem serão os caminhoneiros beneficiados?

Dados da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) mostram que existem 870 mil motoristas cadastrados e que são elegíveis ao saque do voucher para caminhoneiros.

A princípio, a ideia era repassar apenas R$ 1 mil aos trabalhadores entre os meses de agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro. Contudo, foi autorizada a liberação de uma parcela extra do benefício, referente ao mês de julho – que deu origem ao pagamento duplo em agosto.

Calendário de pagamento do Auxílio Caminhoneiro

Ao todo, os caminhoneiros autônomos elegíveis receberão um total de 6 parcelas do benefício. As datas de repasses dos recursos já foram anunciadas. Confira a seguir:

  • Parcela 1 e 2 – 9 de agosto;
  • Parcela 3 – 24 de setembro;
  • Parcela 4 – 22 de outubro;
  • Parcela 5 – 26 de novembro;
  • Parcel 6 – 17 de dezembro.


Para receber o benefício, o caminhoneiro deve ter sido cadastrado como transportador autônomo de carga junto a ANTT. Serão aceitos registros feitos até o dia 31 de maio deste ano. A agência informou que aproximadamente 872.320 profissionais atendem essas condições.

Vale destacar que, além do auxílio para caminhoneiros, a PEC recém-aprovada também amplia o valor do Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600, aumenta o vale-gás e cria o benefício para taxistas, outra categoria de motoristas atendida pelo pacote de ações.




Voltar ao topo

Deixe um comentário