scorecardresearch ghost pixel



Preço da gasolina está mais barato em diversos estados; veja o quanto caiu

Houve a confirmação de queda em 24 unidades federativas e também no Distrito Federal. Confira a média dos recuos pelas regiões.



O preço médio cobrado pelo litro da gasolina apresenta queda em diversos estados. O motivo das reduções tem a ver com o repasse do corte de impostos sobre os combustíveis, que já mostra os efeitos nas bombas dos postos.

Leia mais: ESTAS são as medidas que farão o preço da gasolina cair até 21%

De acordo com um levantamento realizado pela ValeCard, o preço médio da gasolina, entre a sexta-feira, 24, e a terça-feira, 28, apresentou queda de 1,6%, o equivalente a R$ 0,12 por litro.

Houve a confirmação de redução em 24 estados e também no Distrito Federal. As únicas exceções foram os estados do Maranhão, em que o preço subiu 1,54%, e na Paraíba, que manteve estável o valor cobrado pelo combustível nos estabelecimentos.



Redução de impostos

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou no dia 24 de junho o projeto de lei que corta os impostos federais e estaduais sobre a gasolina. Enquanto os federais foram zerados, o ICMS dos estados foi limitado a 17% e 18%. Muitos governadores ainda questionam a redução, alegando perda nas arrecadações.

A redução dos impostos federais garantiram um desconto de R$ 0,69 por litro ou de 9,3% no preço médio, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) da semana anterior. Esse efeito mostra que as quedas nos preços nos postos estão chegando de forma gradual.



Queda no preço da gasolina pelos estados

De acordo com a Valecard, as maiores reduções nos combustíveis foram observadas nos seguintes estados:

  • Amapá: -7,1%;
  • Paraná: -6,5%;
  • Santa Catarina: -6,5%;
  • São Paulo: -3,1%.

Os demais estados, como Tocantins, Piauí, Moto Grosso, Bahia e Espírito Santo tiveram recuos abaixo dos 1%.

É importante destacar que, até o momento, somente os estados de São Paulo e Goiás aderiram ao novo teto do ICMS cobrado sobre a gasolina, conforme a lei que estabelece um limite para o imposto.

No entanto, como as decisões foram anunciadas pelos governadores na segunda, 27 de junho, as novas reduções ainda não causaram impacto na recente pesquisa.




Voltar ao topo

Deixe um comentário