Concurso Polícia Civil PC RN – 2018: Nova comissão definida para 302 vagas

Anteriormente suspensos, os preparativos para o novo concurso da PC RN foram retomados. Certame deve ofertar 302 vagas para delegado, escrivão e agente.

O último edital de concurso público para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte (PC RN) foi publicado há quase dez anos. Por isso, um novo certame além de extremamente necessário, é muito aguardado, tanto por parte do órgão, quanto pelos concurseiros que pretendem ingressar em uma das carreiras da PC RN.

A boa notícia é que, depois de passarem algum tempo paralisados por questões orçamentárias, os preparativos para o certame foram retomados. Além disso, para alegria dos concurseiros do estado, o quantitativo de vagas subiu de 142 para 302.

Conheça já: Apostila Apostila PC-RN – Agente Substituto e Escrivão de Polícia Civil

A previsão era de que o edital fosse publicado até o mês de outubro. Porém, a comissão interna, recentemente reformulada, foi dissolvida. A revogação da portaria foi determinada pelo Ministério Público, que encontrou diversas irregularidades em sua constituição.

Foram revogados também todos os processos realizados pela comissão, incluindo a escolha da banca organizadora. Assim sendo, mais uma vez o concurso PC RN deve ter a publicação do regulamento adiada.

A nova comissão foi formada no mês de novembro e, um novo processo para escolher a banca deve ser iniciado em breve.

Concurso PC RN – 2018

Alvo de muita ansiedade, depois de um tempo paralisado, finalmente o concurso da PC RN teve novos andamentos. O anúncio da retomada foi feito em reunião no dia 21 de maio, onde estiveram presentes, além do governador, Robinson Faria, representantes das carreiras.

Apesar dos muitos percalços, a seleção é cercada de expectativas, principalmente pelo fato de o órgão estar sem novos editais há cerca de dez anos.

A expectativa, depois da retomada, é de que sejam lançadas 302 vagas. Elas serão distribuídas entre as carreiras de agente (235), delegado (41) e escrivão (26). Todos os cargos exigem formação de nível superior, sendo específico em Direito para delegado.

A confirmação do quantitativo de vagas aconteceu em meados de 2017, e o aumento das oportunidades foi divulgado em setembro de 2018. A previsão inicial era de que o edital fosse lançado até dezembro de 2017, no entanto, na época a comissão interna ainda trabalhava na definição da banca organizadora.

Os preparativos para o certame da corporação foram suspensos por falta de verbas. De acordo com Cristiano Feitosa, secretário da Administração e Recursos Humanos, a Delegacia Geral de Polícia não dispõe de recursos suficientes para a realização de um novo certame.

Depois de cerca de quatro meses paralisado, uma boa notícia foi dada aos futuros candidatos, que seguem aguardando ansiosamente o edital do concurso PC RN 2018. O certame deverá avaliar seus candidatos por meio de provas objetivas, dissertativas, teste de avaliação física, prova prática, exame psicotécnico, investigação social e, por fim, curso de formação profissional.

As etapas podem variar de acordo com o cargo pretendido.

Cargos, salários e atribuições

O concurso PC RN 2018 deverá ofertar 302 vagas nas carreiras de agente, delegado e escrivão. Os cargos exigem graduação em qualquer área, exceto para delegado, cuja exigência é de formação em Direito.

Veja mais detalhes acerca de cada cargo:

Delegado: entre suas funções, estão a condução de investigação criminal, indiciar por ato fundamentado, por vias de análise do fato, realização de diligências determinadas por juízo, além da análise da legalidade de prisões em flagrante. A remuneração prevista é de R$ 15.288,00.

Escrivão: entre suas atribuições, estão lavrar e sub-escrever autos e termos, cumprir ordens e despachos do delegado, direção, fiscalização e supervisão de trabalhos cartorários. A remuneração prevista é de R$ 3.755,00.

Agente: entre suas funções, estão a realização diligências, apreensão de produtos originados por crimes, localização de pessoas, início e andamento a investigações, realização de rotas diurnas e noturnas, policiamento de locais suspeitos e impróprios, coleta de informações e prisão de infratores em flagrante ou por meio de mandado judicial. Remuneração prevista no último edital foi de R$ 3.755,00.

As remunerações acima indicadas estão sujeitas a alterações e reajustes. A jornada de trabalho a ser cumprida é de 40h semanais.

Além dos requisitos relacionados à escolaridade, o candidato aos cargos da PC RN devem, entre outras exigências:

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, neste caso, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (candidatos do sexo masculino)
  • Ter idade acima de 18 anos e CNH válida
  • Não apresentar antecedentes criminal nas Polícias Federal e dos Estados nos quais o residiu nos últimos cinco anos
  • Estar em boa saúde física e mental

Concurso Polícia Civil RN – 2008

O último concurso realizado pela PC RN data de 2008, tendo o Cespe/Unb (Cebraspe) como banca organizadora. Foram disponibilizadas 438 oportunidades distribuídas entre os cargos de escrivão (107), delegado (68) e agente ( 263).  A exigência quanto à escolaridade era a mesma da atual.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, avaliação física, prova prática de digitação, exame psicotécnico e Curso de Formação. As etapas variaram conforme o cargo pretendido, mas, todas foram aplicadas em Natal, capital do estado.

O certame contou com a participação de 17.588 candidatos, sendo a maioria direcionada ao cargo de delegado – 10.086 concorrentes. Em detalhes, a concorrência foi de:

  • 148,32 candidatos/vaga para delegado
  • 21,08 candidatos/vaga para agente
  • 19,75 candidatos/vaga para escrivão

Até julho de 2013, foram homologadas convocações de aprovados para exames psicotécnicos no cargo de agente. Em março de 2015, 192 aprovados foram convocados para o curso de formação, com início no mês de abril.

As convocações configuraram como cumprimento de sentença judicial na qual foi determinada a convocação de aprovados no certame de 2008.

Provas Concurso PC RN

O concurso PC RN 2018 deverá avaliar os candidatos nos moldes do que foi realizado em 2008. No certame organizado pelo Cebraspe, os candidatos passaram por provas objetivas e discursivas, avaliação física, prova prática de digitação (somente para escrivão), exame psicotécnico e Curso de Formação.

Conheça já: Apostila Apostila PC-RN – Agente Substituto e Escrivão de Polícia Civil

Os exames foram aplicados conforme as tabelas abaixo:

Concurso PC RN – 2018: Conteúdo Programático

Nos exames, foram abordados conteúdos de:

  • Língua Portuguesa, Noções de Informática e Atualidades (todos os cargos).
  • Direito (Administrativo, Constitucional, Civil, Tributário e Financeiro, Penal, Processual Penal, Legislação Complementar à Matéria Penal e Processual Penal, Medicina Legal, Noções de Criminalística, Lei Orgânica e Estatuto da Polícia Civil do RN (delegado).
  • Noções de Criminalística, Medicina Legal, Direito – Administrativo, Constitucional, Penal, Processual Penal, Legislação Complementar à Matéria Penal e Processual Penal, Lei Orgânica e Estatuto da Polícia Civil do RN (escrivão e agente).

Nas provas discursivas, o candidato foi submetido à elaboração de texto dissertativo de, no máximo, 30 linhas. Nele, deveria abordar temas propostos pela banca e dispostos em edital.

Maiores informações sobre o certame podem ser verificados por meio da página do concurso, acessível através do link: http://www.cespe.unb.br/concursos/PCRN2008/

Sobre a banca organizadora

Até o momento não há informações oficiais quanto à empresa responsável pela elaboração do concurso PC RN 2018. Porém, podemos avaliar a banca organizadora do certame anterior, o Cebraspe.

A banca é conhecida pela regra “uma resposta errada anula uma certa”, obrigando o candidato aficar atento ao edital do respectivo certame e evitar “chutar” as respostas.

Nas provas de Português, as questões poderão ser mais longas e exaustivas, cobrando atualidades através de textos adaptados da internet. Já as provas de Informática podem abordar conceitos de Internet, Navegador Explorer, Sistemas Linux e Windows (incluindo editores de texto e botões).

Outro ponto importante é que o Cebraspe não exige conteúdo decorado, mas, aprendido. Por isso, o candidato deve compreender todo o edital, de forma global, em situações aplicadas.

Inscrições concurso PC RN – 2018

Ainda não foram abertas as inscrições para o concurso PC RN 2018. Por conta do período de suspensão do certame não há data definida para lançamento de edital. No entanto, agora que os preparativos foram retomados, o candidato deve ficar atento aos próximos informes.

Conheça já: Apostila Apostila PC-RN – Agente Substituto e Escrivão de Polícia Civil

Concurso Polícia Civil PC RN – 2018: Nova comissão definida para 302 vagas
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário