Concurso TRT 15ª Região 2018: Provas remarcadas! Confira todas as notícias

O TRT da 15ª Região publicou edital contemplando carreiras de nível médio e superior com iniciais de até R$ 13 mil.

Foi divulgado o concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT 15)! O órgão tem sede na cidade de Campinas, no estado de São Paulo. Ao TRT 15, um dos maiores do país, compete conciliar e julgar os conflitos originários das relações de trabalho, seja no âmbito individual ou de abrangência coletiva.

A jurisdição da 15ª Região atinge 599 municípios paulistas, ou seja, 95% do território do estado de São Paulo. Até agora Campinas é a única cidade no Brasil que não é capital de estado, que sedia órgão jurisdicional de segundo grau, levando em consideração quaisquer ramos do Judiciário.

Inicialmente, as provas estavam previstas para o dia 28 de maio. Entretanto, por conta da greve dos caminhoneiros, elas foram remarcadas para o dia 29 de julho.  A divulgação da nova data foi feita no Diário Oficial de 21 de junho.

Confira abaixo todas as informações sobre o certame atual: vagas, inscrições, conteúdo programático, banca e examinadora e mais. Não perca tempo e comece a se preparar agora mesmo!

Concurso TRT 15 – 2018

Depois de quase cinco anos desde a abertura do último edital, finalmente o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT 15) anunciou a realização de novo concurso público para o órgão.

São oferecidas duas vagas de contratação imediata, mas o maior quantitativo ficou para a formação de cadastro de reserva. Além da sede em Campinas, há vagas nos Polos de Bauru, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Garanta já sua Apostila TRT 15ª Região Campinas:

Os candidatos poderão concorrer a oportunidades de nível superior nas funções de Analista Judiciário da Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, Analista Judiciário – Área Judiciária e Administrativa, Analista Judiciário – Área Apoio Especializado (Arquitetura, História, Medicina, Odontologia e Psicologia).

Aos candidatos de nível médio ou médio/técnico estão disponíveis vagas de Técnico Judiciário – Área Administrativa, Técnico Judiciário da Área Administrativa – Especialidade Segurança e Técnico Judiciário da Área Apoio Especializado – Especialidade Enfermagem.

Todos os requisitos de escolaridade de cada cargo podem ser conferidos integralmente no edital. Além dos critérios de escolaridade, para tomar posse no cargo é preciso ter idade mínima de 18 anos, estar em dias com as obrigações eleitorais e militares, se candidato do sexo masculino, não registrar antecedentes criminais, entre outros.

As provas teóricas deveriam ser aplicadas no dia 28 de maio de 2018 em cidades onde existem Polos do TRT 15. Entretanto, na data prevista inicialmente todo o Brasil estava parado em função da greve dos caminhoneiros, que durou diversos dias.

Apesar disso, a FCC já divulgou a nova data de realização das provas. Agora, de acordo com a publicação feita no Diário Oficial, elas devem acontecer no dia 29 de julho. Os locais de prova serão informados posteriormente pela organizadora.

Confira o edital clicando aqui!

Por conta da grande quantidade de cargos vagos no órgão, atualmente são 129 em todas as áreas, os candidatos podem esperar um grande número de nomeações. A carreira com maior número de postos vagos é a de Técnico Judiciário da Área Administrativa. Só nessa função há mais de 60 vagas ociosas.

Concurso TRT 15 – 2013

O último concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT 15) foi realizado em 2013.

Assim como no edital de 2018, foram abertas vagas de nível médio e superior para contratação imediata. E, principalmente, formação de cadastro de reserva para contratações durante a validade do certame.

Houveram oportunidades nas áreas de nível superior para Analista Judiciário (Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, Área Judiciária e Área Administrativa), Área Judiciária – Apoio Especializado (Arquivologia, Biblioteconomia, Contabilidade, Engenharia Civil, Psicologia, Serviço Social e Tecnologia da Informação).

Em nível médio houveram oportunidades de Técnico Judiciário – Área Administrativa, Técnico Judiciário (Apoio Especializado – Tecnologia da Informação) e Técnico Judiciário (Área Administrativa – Segurança).

Conhecido pela grande quantidade de nomeações, neste último certame, além das 66 vagas ofertadas inicialmente, foram nomeados mais de 400 candidatos do cadastro de reserva.

Este concurso foi extremamente concorrido. O registro final foi de 50.226 inscritos. A sede, na cidade de Campinas-SP, registrou o maior número de inscritos, com 30.569 inscritos. A maior concentração de inscrições, quase 50%, foi para a função de Técnico Judiciário na Área Administrativa, cuja escolaridade exigida é ensino médio.

Salários e benefícios concurso TRT 15

Ingressar em uma das carreiras do Tribunais espalhados pelo Brasil está entre os objetivos de muitos jovens. No caso dos aprovados todo o esforço e dedicação são recompensados pela estabilidade e possibilidade de progressão na carreira, salários e benefícios oferecidos.

De acordo com o último edital, as remunerações básicas iniciais oferecidas são:

  • Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal: R$ 12.742,14
  • Analista Judiciário (Área Judiciária, Área Administrativa, e Apoio Especializado): R$ 11.006,83
  • Técnico Judiciário (Área Administrativa e Apoio Especializado): R$ 6.708,53
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança: R$ 7.766,18

Em algumas carreiras, este valor é composto pelo salário base mais gratificação judiciária – GAJ. No caso de Oficial de Justiça, GAJ mais gratificação de atividade externa – GAE.

Todos os candidatos aprovados devem trabalhar em jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Dicas e conteúdo da prova do TRT 15

O concurso do TRT 15 de 2018 será realizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Esta é umas das maiores e mais conhecidas organizadoras do país.  É um ponto muito positivo para quem já está se preparando com base no último edital, que também foi executado pela FCC, pois o certame deve seguir o mesmo estilo.

Os certames de Tribunais podem ser considerados a especialidade da Fundação. Apesar de ser considerada uma banca de alta complexidade, os candidatos podem esperar provas elaboradas com nível de dificuldade de acordo com o cargo e a escolaridade.

No concurso cujo edital está em andamento, todos os candidatos devem passar por provas objetivas. As avaliações serão divididas entre conhecimentos gerais e específicos. No que diz respeito aos conhecimentos gerais, o conteúdo programático previsto é o seguinte:

  • Língua Portuguesa
  • Regimento Interno
  • Noções sobre Direitos das Pessoas com deficiência
  • Raciocínio-lógico-matemático (exceto para Analista Judiciário (História, Medicina, Odontologia e Psicologia) e Técnico Judiciário – Enfermagem)
  • Lei nº 8.112/1990 (exceto para os cargos de Analista Judiciário – Área Judiciária e Técnico Judiciário – Área Administrativa)

Além desses tópicos, os candidatos podem encontrar no edital o conteúdo programático específico para cada área.

Os candidatos serão submetidos também a provas discursiva, estudo de caso e/ou redação, de acordo com cada função. O detalhamento de etapas está disponível na íntegra no edital do certame.

O cargo com mais especificidades é o de Técnico Judiciário da Área Administrativa – Especialidade Segurança. Os candidatos aprovados na etapa teórica devem passar ainda por prova prática de aptidão física e curso de formação inicial. Ambos possuem caráter eliminatório.

O conteúdo é bastante amplo e denso. Porém, montando uma rotina de estudos bem estruturada e mantendo o foco diário, é possível fechar todo o programa de matérias até a data da prova.

Inscrições concurso TRT 15

As inscrições foram realizadas exclusivamente via internet, pelo site da banca organizadora, a FCC (www.concursosfcc.com.br). As solicitações foram recebidas do dia 14 de março ao dia 04 de abril de 2018.

Para finalizar a inscrição, depois de preencher o formulário eletrônico no site, os candidatos precisaram efetuar o pagamento do boleto da taxa de inscrição. O boleto deveriam ser pagos até o dia 04 de abril e os valores foram:

  • R$ 80,00 para cargos de nível médio
  • R$ 95,00 para cargos de nível superior

Candidatos habilitados no Cadastro Único e que são amparados por lei, puderam realizar o pedido de isenção do valor total da inscrição pelo site. O período de solicitação foi entre os dias 14 de março e 04 de abril. Os resultados dos pedidos doram divulgados no dia 10 de abril.

Garanta já sua Apostila TRT 15ª Região Campinas:

Concurso TRT 15ª Região 2018: Provas remarcadas! Confira todas as notícias
Avalie
Voltar ao topo




Deixe um comentário