O que é VPL? – Para que serve e como calcular

Por não termos certeza de que vamos recebê-lo, o dinheiro no futuro vale menos, sendo que o VPL faz o reajuste, descontando taxas do fluxo de caixa futuro.

O dinheiro que vamos receber no futuro não vale a mesma coisa que o dinheiro no tempo presente, por isso, para prever quais serão as chances de ganhos ou perdas de um investimento, há uma fórmula matemática-financeira conhecida como Valor Presente Líquido (VPL) ou valor líquido atual.

O cálculo existe pelo mesmo motivo que existem os juros, ou seja, pela incerteza do amanhã. Justamente por não termos certeza de que vamos recebê-lo, o dinheiro no futuro vale menos, sendo que o VPL faz o reajuste, descontando taxas do fluxo de caixa futuro.

Para que serve o cálculo do VPL?

Geralmente, o cálculo do VPL é feito para análises de retorno de projetos ou valoração de empresas. O termo mais usado para esse tipo de estudo é viabilidade econômica. O objetivo é saber a rentabilidade de um investimento de acordo com o valor atual aplicado. Para tanto, é usada a seguinte fórmula:

A fórmula do VPL é um pouco complicada, pois considera cada um dos valores do fluxo de caixa que geram entrada de dinheiro ao investidor, subtraído do investimento inicial. Veja o que significa as iniciais da fórmula:

  • VPL = Valor Presente Líquido
  • FC= Fluxo de Caixa de cada período
  • j = período de cada fluxo de caixa
  • = taxa de desconto (ou taxa mínima de atratividade)
  • n = período de tempo
  • TMA = Taxa Mínima de Atratividade

Exemplo de cálculo do VPL

Como exemplo, vamos calcular um investimento feito ao custo de R$ 15.000,00 e que retorna fluxos de caixa anuais aos valores de R$ 3.500,00 por 5 anos. O investidor considera que sua Taxa Mínima de Atratividade (TMA) é de 4% ao ano.

Somando cada fluxo de caixa, utilizando os valores negativos para as saídas e positivos para as entradas, ficamos com:

Período (j) Fluxo de Caixa (FC) Fórmula da VPL Fluxo de Caixa Atualizado
0 R$ – 15.000,00 -15.000/(1+0,04)0 R$ -15.000,00
1 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)1 R$ 3.365,38
2 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)2 R$ 3.235,95
3 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)3 R$ 3.111,49
4 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)4 R$ 2.991,81
5 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)5 R$ 2.876,74
VPL = R$ 581,38

O resultado do VPL foi de R$ 581,38 positivos, o que quer dizer que com uma Taxa Mínima de Atratividade (TMA) de 4% , o investimento é viável.

Compensa ou não investir?

A interpretação para o VPL é de que se for positivo o investimento é rentável, já se for negativo não é lucrativo, sendo assim não compensa ao investidor. Para se analisar se um projeto compensa ou não investir, o investidor pode usar o cálculo do VPL em conjunto a uma TMA, sendo esta o mínimo que ele propõe ganhar com um projeto.

O cálculo do VPL permite ver o quanto vale o capital de um investimento no presente, como no exemplo da tabela em que a entrada de R$ 3.500,00, daqui a 5 anos, considerando uma taxa de 4%, equivale hoje a R$ 2.876,74, ou seja, vale menos.

Ainda, os valores da VPL podem variar de acordo com a taxa considerada, pois quanto maior for a TMA menor será o VLP.

Quando calcular VPL no Excel?

Para fazer esse cálculo, é necessário preencher o fluxo de caixa adicionando o valor inicial em negativo e as entradas com valores positivos, além da taxa de juros considerada como a Taxa Mínima de Atratividade.

Quando todos os dados forem colocados, o cálculo do VPL pode ser feito em uma célula em branco utilizando a fórmula VPL = (Taxa; Fluxo de Caixa)+ Investimento Inicial.

VPL no Excel – Exemplo

Como exemplo, foram colocados dois tipos de projetos preenchidos em uma planilha do Excel. O primeiro com TMA 5% e o segundo de 2% e fluxos de caixas diferentes:

calculo vpl excel

O VPL é calculado para o projeto 1 no espaço B13 utilizando a fórmula: VPL(B1;B5:B11)+B4, e o segundo VPL para o projeto 2 com a fórmula =VPL(C1;C5:C11)+C4.

É possível também calcular o valor da TIR para comparar com a Taxa Mínima de Atratividade dos projetos. Neste caso, a fórmula é mais simples, já que basta selecionar todo o fluxo de caixa na fórmula, calculando: TIR(B4:B11) para o primeiro projeto, e TIR(C4:C11) no segundo.

Como calcular o VPL na calculadora financeira HP 12c?

O VPL pode ser facilmente calculado utilizando uma calculadora financeira, como é o caso da HP 12c, uma das mais usadas. A função que corresponde nesta calculadora aparece de cor laranja com a sigla NPV (NET Present Value – VPL em inglês). Para calcular, preencha cada valor do fluxo de caixa nas funções de cor azul ativadas com a tecla “g”. Siga o passo a passo para melhor entendimento:

  • Digitar o valor de investimento inicial → CHS  g → CFo
  • Preencher com os valores do fluxo de caixa → g → CFj
  • Caso algum valor preenchido em “CFj” se repita, basta digitar a quantidade desta repetição → g → Nj
  • Digitar a Taxa Mínima de Atratividade → i
  • Descobrir a VPL pressionando: f → NPV

 VPL na HP 12 c – Exemplo

Para exemplo do cálculo da VPL na HP 12 c, tenha como consideração um investimento inicial de R$ 40.000,00 com um retorno esperado, ao fim de cada ano, de R$ 5.000,00, e por um período de 12 anos com uma taxa de 4%.

Em razão de se tratar de um fluxo de caixa repetido, utilize a função “Nj”. Siga o passo a passo abaixo para melhor entendimento:

  • 40.000 → CHS → g → CFo
  • 5.000 → g → CFj
  • 12 → g → Nj
  • 4 → i
  • Ao final, as teclas: f → NPV

O resultado do VPL para esse cálculo é de R$ 6.925,37. Para saber qual a TIR deste investimento pressione “f” e a tecla “IRR” e o resultado será de 6,865% para este investimento.

Fonte: Dicionário Financeiro

Veja também: 

Veja mais sobre

Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário