Veja como usar o simulador do Imposto de Renda 2020

O simulador do Imposto de Renda Pessoa Física permite que o contribuinte consulte sua alíquota e tenha uma previsão do valor do imposto de maneira simples.

O simulador do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), disponível no site da Receita Federal, permite que o contribuinte consulte sua alíquota e tenha uma previsão do valor do imposto. Alíquota nada mais é do que o percentual com que um tributo incide sobre o valor de algo tributado.

O período para entrega das declarações do IR 2020 acontece do dia 2 de março a 30 de abril. Dentro desse prazo, todos os contribuintes que se enquadram nas regras estabelecidas pela Receita devem declarar suas rendas.

Os valores são estabelecidos de acordo com os rendimentos declarados. Ou seja, os cidadãos com renda maior pagam mais impostos, enquanto aqueles com renda menor, pagam menos.

Como calcular

Para calcular o IRPF 2020, é necessário descontar a alíquota por sua porcentagem, abatendo o valor de R$ 189,59 por dependente. Além disso, ainda é preciso descontar a alíquota de contribuição ao INSS, entre 8% e 11%. Após finalizado, restam agora os cálculos.

Achou muito difícil? O site da Receita Federal disponibiliza um programa que visa ajudar o profissional com os cálculos. Por meio dele, é possível saber quanto será descontado no seu contracheque de Imposto de Renda de maneira simples.

Como usar o simulador do Imposto de Renda 2020

A secretaria da Receita Federal disponibiliza em seu site o simulador para cálculo de renda mensal e anual (www.receita.fazenda.gov.br/simulador). Confira as etapas:

  • Acesse o Simulador do Tratamento Tributário e Administrativo das Importações no site da Receita;
  • Preencha os campos obrigatórios com suas informações pessoais;
  • Após o preenchimento, o programa vai apresentar na Base de Cálculo qual valor total será utilizado para calcular o seu imposto. Já em Imposto, vai indicar a tabela de alíquotas;
  • No tópico Deduções, informe os outros montantes sujeitos a desconto. Deduções de incentivo são as informações das doações feitas ao Fundo da Criança e do Adolescente, ao Fundo do Idoso ou os patrocínios e doações por meio das leis de incentivo à atividade audiovisual, à cultura e ao esporte. Dedução do Pronas/PCD são informações das doações feitas ao Programa Nacional de Apoio à Atenção e Saúde de Pessoa com Deficiência. Já Dedução do Pronon são os esclarecimentos das doações feitas ao Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica. Caso não haja nenhuma doação a informar, deixe os campos em branco.
  • No final da página, confira o valor do seu imposto, a sua faixa de rendimento e a sua alíquota efetiva . As informações são automaticamente calculadas pelo simulador.

Caso ainda haja dúvidas ao utilizar o Simulador, a Receita Federal está disponível para contato por meio do número 146.

Leia mais: Quais investimentos preciso declarar no Imposto de Renda?

Veja como usar o simulador do Imposto de Renda 2020
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário